Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

deitado

deitadodeitado | adj.
masc. sing. part. pass. de deitardeitar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

dei·ta·do dei·ta·do


(particípio de deitar)
adjectivo
adjetivo

1. Que se deitou.

2. Que está na cama para dormir ou para repousar.

3. Colocado na horizontal.


dei·tar dei·tar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Estender ao comprido.

2. Meter na cama.

3. Acamar.

4. Inclinar.

5. Fazer cair.

6. Soltar das mãos.

7. Atirar.

8. Arrojar, exalar, vomitar.

9. Brotar, produzir.

10. Verter, deixar sair.

11. Segregar, ressumbrar.

12. Principiar a usar.

13. Atribuir.

14. Pôr.

15. Aplicar.

16. Dar.

17. Fazer.

18. Escolher por meio de voto (ex.: deitar por alguém). = VOTAR

verbo intransitivo

19. Estar virado para.

20. Demorar-se, prolongar-se, durar.

21. Montar, chegar. (Seguido de a e infinitivo, indica o princípio de uma acção.)

verbo pronominal

22. Meter-se na cama.

23. Estender-se para dormir.

24. Lançar-se, arrojar-se.


deitar abaixo
Fazer ruir. = DEMOLIR, DERRUBAR, DESTRUIRERIGIR, ERGUER

[Informal]   [Informal]  Fazer perder o ânimo. = AVACALHAR, DESMORALIZAR

deitar cartas
Interrogá-las.

deitar de fora
Mostrar.

deitar fora
Desfazer-se de; arrojar.

deitar galinhas
Pôr-lhes ovos para que os choquem.

deitar por fora
Transbordar.

deitar veneno
Julgar malevolamente o que outrem faz ou diz.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "deitado" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...a jurisprudência do TEDH, à qual os tribunais portugueses estão obrigados, e deviam ter deitado imediatamente

Em portugal contempor

...e para o seu partido, que contínua refém da sua existência auto-centrada, qual Salazar deitado na cama após cair da cadeira, cuidando ainda governar o país..

Em Outra Margem

A próxima coisa que Larson percebeu foi que ele estava acordado, deitado de

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

O vermelho carne, desmaia por te ver deitado , vestido so com o corpo..

Em Devaneios

...base desta decisão está a Federação Portuguesa de Basquetebol que tem, segundo o próprio, deitado abaixo a modalidade..

Em Not
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual a origem da palavra "Oporto" que habitualmente é usada para referenciar a cidade do Porto, Portugal. Obrigado
A origem da palavra inglesa Oporto reside expressão portuguesa "o Porto". O artigo definido o precede quase sempre o nome desta região do Norte de Portugal (ex.: a família mudou-se para o Porto; as gentes do Porto são muito acolhedoras), daí que pareça (ou tenha parecido), a ouvidos estrangeiros, como uma só palavra.



Sempre aprendi que o correto era falar supérfulo. Porém de uns anos para cá vejo pessoas falando supérfluo e sempre imaginei que elas estavam falando errado. Procurei no dicionário Priberam e vi que supérfulo não existe. Está incorreto mesmo? Realmente não existe? Se eu falar vou passar vergonha? Sempre aprendi que assim era correto e sentirei dificuldade de falar supérfluo pois sempre imaginei ser errado. Podem me ajudar e me dizer qual das pronúncias está correta e se supérfulo realmente está errado?
A única forma correcta e atestada em dicionários é supérfluo, adjectivo derivado do latim superfluus.
O fenómeno que acontece em supérfluo, quando erradamente pronunciado ou escrito *supérfulo, é denominado por metátese e corresponde a uma troca de letras ou sons no interior de uma palavra. Há casos em que a metátese reflecte uma mudança linguística, isto é, corresponde efectivamente a uma alteração na evolução de uma palavra enquadrada na história da língua (é o caso, por exemplo, do advérbio latino semper que evoluiu para o português sempre). Não parece, porém, tratar-se de mudança linguística o que acontece com a metátese em supérfluo, quando pronunciado ou escrito *supérfulo. Em português, a estrutura regular de uma sílaba é uma sequência consoante-vogal (ex.: ba-ta-ta); há inúmeros casos que não seguem esta estrutura, mas esta é estatisticamente aquela que é mais frequente. Por este motivo, muitos falantes tendem a manter este padrão na pronúncia e a sequência consonântica -fl- seguida da sequência vocálica -uo em supérfluo é transformada numa sequência consoante-vogal-consoante-vogal (-fulo), fazendo uma regularização silábica abusiva e originando uma forma incorrecta *supérfulo.

Poderá consultar também outra resposta sobre o mesmo assunto em pronúncia de impregnar.

pub

Palavra do dia

ta·pe·cei·ro ta·pe·cei·ro


(francês tapissier)
nome masculino

1. Fabricante ou vendedor de tapetes.

2. Pessoa que tece tapetes.


SinónimoSinônimo Geral: TAPETEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/deitado [consultado em 26-06-2022]