Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

contra-rotura

contra-roturacontrarroturacontra-roturacontrarrotura | n. f. | adj. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·tra·-ro·tu·ra con·trar·ro·tu·ra con·tra·-ro·tu·ra con·trar·ro·tu·ra


(contra- + rotura)
nome feminino

1. Rotura em sentido ou lugar contrário ao de outra.

adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

2. Contra as quebraduras.

Plural: contra-roturas.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: contrarrotura.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: contra-rotura.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: contrarrotura.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: contra-rotura

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

French Connection": ainda incorruptíveis 25 mil marcham contra as alterações climáticas Rodrigues dos Santos e Melo trocam acusações: o partido do grupelho contra o partido da Igreja Maná Ordens religiosas em Espanha indemnizam vítimas de abuso sexual, mas só em troca de silêncio João Galamba e ministra

Em A RODA

Amorim tem ainda várias dúvidas para o encontro contra o FC Porto e só as vai dissipar perto do jogo. Uma das mais importantes prende-se com o goleador Pedro Gonçalves, que deixou o estágio da seleção de Portugal com uma inflamação no pé esquerdo, continua em tratamento e hoje fará teste decisivo

Em Fora-de-jogo

geração finissecular do século XIX português. A sua principal obra, Só ( Paris , 1892 ), é marcada pela lamentação e nostalgia, imbuída de subjectivismo, mas simultaneamente suavizada pela presença de um fio de auto-ironia e com a rotura com a estrutura formal do género poético em que se insere, traduzida

Em Geopedrados

jogadores que só jogam com bola no pé, contra certas equipas ainda dá para disfarçar, com equipas fortes... Por isso o destaque de Gosens. Joga no Atalanta de Bergamo, que foi o homem do jogo e mostrou a algumas vedetinhas como se ataca, defende, assiste e marca. Os alemães não são de fazer coxinhas, toques

Em Dragão até à morte. F.C.Porto, o melhor clube português

. O defesa direito Trent Alexander-Arnold lesionou-se no jogo de preparação da Seleção inglesa e está fora do Euro 2020. O jogador do Liverpool, de 22 anos, fez uma rotura na partida contra a Áustria e tem para dois meses de recuperação. A notícia é confirmada pelo clube inglês. O selecionador inglês

Em Fora-de-jogo
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




Qual das expressões é a correcta: de forma a ou por forma a? Caso ambas estejam correctas, qual a diferença entre elas e quando usar uma ou outra?
As duas expressões estão correctas e são locuções prepositivas sinónimas, significando ambas “para”, “a fim de” ou “de modo a” e indicando um fim ou objectivo (ex.: procedeu cautelosamente de forma a/por forma a evitar erros), sendo a locução por forma a menos usada que de forma a, como se pode verificar pela pesquisa em corpora e motores de busca na internet. Ambas se encontram registadas em dicionários de língua portuguesa.

Estas duas expressões, construídas com a preposição a, pertencem a um conjunto de locuções (do qual fazem parte de modo a ou de maneira a) cujo uso é desaconselhado por alguns puristas, com o argumento de que se trata de expressões de influência francesa, o que, neste caso, não parece constituir argumento suficiente para as considerar incorrectas. Acresce ainda que, em qualquer dos casos, locuções prepositivas como de/por forma a, de maneira a ou de modo a desempenham a mesma função da preposição para, que neste contexto introduz frases subordinadas infinitivas adverbiais de fim (ex.: procedeu cautelosamente para evitar erros), da mesma forma que, com alterações ao nível dos tempos verbais, as locuções conjuncionais de/por forma que, de maneira que ou de modo que desempenham a função da locução conjuncional para que, que neste contexto introduz frases subordinadas finitas adverbiais de fim (ex.: procedeu cautelosamente para que evitasse erros). Não parece assim haver motivo para deixar de usar umas ou outras.

pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/contra-rotura [consultado em 21-10-2021]