Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

contra-rótulo

contra-rótulocontrarrótulocontra-rótulocontrarrótulo | n. m.
Será que queria dizer contra-rotulo?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·tra·-ró·tu·lo con·trar·ró·tu·lo con·tra·-ró·tu·lo con·trar·ró·tu·lo


(contra- + rótulo)
nome masculino

Pedaço de papel impresso que se afixa num recipiente, geralmente na parte oposta à do rótulo, com informações adicionais sobre o produto, o produtor ou o distribuidor (ex.: contra-rótulo de uma garrafa de azeite).

Plural: contra-rótulos.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: contrarrótulo.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: contra-rótulo.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: contrarrótulo.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: contra-rótulo

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

dos maçons, dos illuminati, dos comunistas, dos grupos de Bilderberg e de Davos. Noutra versão, mais recente, Bill Gates, sozinho, é o próprio Satã. Nas versões mais modernas, o “controlo mental” não é exercido através de feitiços, mas de chips injetados com as vacinas contra a covid, ou por sinais

Em Tupiniquim

Ontem encontrei " Alemães contra agricultura intensiva boicotam fruta de estufas do Alentejo e Algarve " Era uma questão de tempo . É a generalização do que me aconteceu " E sem intenção, e sem querer, apareceu na minha mente a decisão de pôr de lado o azeite alentejano " (Junho de 2019) No entanto

Em Balanced Scorecard

de perto, poderia ter percebido que o rótulo estava errado, mas não o fez. Ele instalou o FQI, registrou o trabalho como concluído e passou para a próxima tarefa. Nenhuma inspeção adicional de seu trabalho foi necessária; nem era um teste de vareta que pudesse garantir que os tanques de combustível

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

-me "os meus Camaradas nunca acreditariam que eu alguma vez estivesse envolvido nisso! Então eu que dei instruções claras no Plano do 25 de Abril para que nunca nos virássemos contra outras unidades militares, que não fosse disparado um tiro! Eu que no 25 de Novembro evitei a guerra civil!". Perguntei

Em Tupiniquim

Novo Banco abriu auditoria interna para analisar condutas no caso Vieira PSP põe fim a ajuntamento ilegal com cerca de 100 estudantes em Coimbra Autoagendamento da vacina contra a covid-19 aberto a maiores de 23 anos Um estudo português revela qual foi a expressão facial mais frequente nos

Em A RODA
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




Qual das duas frases abaixo está correta: Viva as diferenças ou Vivam as diferenças?
Regra geral, o predicado deve concordar com o sujeito, pelo que a frase Vivam as diferenças está correcta. No caso da frase Viva as diferenças, ela é considerada correcta por alguns gramáticos (cf. Celso Cunha e Lindley Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 14.ª ed., Lisboa, Edições João Sá da Costa, 1998, p. 466), que afirmam que a forma verbal do presente do conjuntivo viva adquiriu um valor de interjeição, pelo que a concordância com o sujeito deixou de ser obrigatória (esta justificação parece, no entanto, um pouco contraditória com o facto de as interjeições geralmente não se relacionarem sintacticamente com outros constituintes da oração).
pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/contra-r%C3%B3tulo [consultado em 21-10-2021]