Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
comparsacomparsa | s. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

com·par·sa com·par·sa
(italiano comparsa)
nome de dois géneros

1. Pessoa que, em cinema, televisão ou teatro, participa com papel decorativo ou pouco importante, geralmente sem falas. = EXTRA, FIGURANTE

2. Pessoa que, em qualquer acto, representa um papel insignificante. = FIGURANTE

3. Pessoa que tomou parte moral ou material em crime ou delito de outrem. = CÚMPLICE

4. Pessoa que é companheira de outra. = CAMARADA, PARCEIRO

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "comparsa" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Tivemos esta discussão sobre o famoso túnel do Marquês: está errado dizer "vamos concluí-lo". Deveria ser "vamos conclui-lo" (sem acento no i), pois "concluí-lo" é pretérito perfeito, não é? Por favor confirmem.
A forma correcta na frase em causa será mesmo concluí-lo (com acento), pois trata-se do infinitivo do verbo concluir, seguido do pronome átono o que assume a forma -lo, por estar a seguir a uma forma verbal terminada em -r (que desaparece). O acento surge para que se mantenha o hiato do infinitivo (isto é, para que as vogais ui não formem um ditongo). A frase Vamos concluí-lo é então a correcta e corresponde a Vamos concluir alguma coisa.

A frase *Vamos conclui-lo seria agramatical, pois seria equivalente a *Vamos concluis alguma coisa, já que a forma conclui-lo (sem acento) corresponde ao presente do indicativo do verbo concluir, isto é, [tu] concluis, seguido do pronome átono o que assume a forma -lo, por estar a seguir a uma forma verbal terminada em -s (que desaparece). Neste caso não há necessidade de acento, pois há um ditongo em [tu] concluis.




Solicito saber a ortografia correta da palavra franqueado ou franquiado?
Segundo vários dicionários e vocabulários portugueses, existem os verbos franquear e franquiar, cujas definições pode encontrar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. É de notar que o verbo franquiar surge sempre apenas com o sentido de colocar um selo postal ou pagar uma franquia postal. Por este ponto de vista, as formas franqueado e franquiado estarão ambas correctas, dependendo do sentido que possam ter consoante o contexto (ex. importação franqueada; carta franquiada). No entanto, são poucos os dicionários ou vocabulários brasileiros que registam o verbo franquiar e consequentemente, o particípio franquiado (das referências consultadas, apenas o Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira o regista) o que pode indiciar que há pelo menos uma diferença no uso que pode desaconselhar o uso de franquiar no português do Brasil (por exemplo, o Manual de Redacção e Estilo de O Estado de S. Paulo admite apenas franquear como o verbo para franquia), pois também não aparece registado em dicionários brasileiros o sentido de franquia que diz respeito a selo ou tarifa postal.
pub

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta
([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/comparsa [consultado em 08-08-2020]