Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

coexistência

coexistênciacoexistência | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

co·e·xis·tên·ci·a |z|co·e·xis·tên·ci·a |z|


nome feminino

1. Existência simultânea.

2. Existência comum e única.


coexistência pacífica
Princípio segundo o qual Estados pertencentes a sistemas antagónicos participam numa organização do mundo que aceita a existência de cada um deles.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "coexistência" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

A saber: a coexistência homens/mulheres não se faz através de lógicas de complementaridade ou princípios de transparência, já...

Em sound + vision

...possível chegada de Mario Gotze mete em causa: será até benéfico para ambos a coexistência – o português que terá a estrela alemã no papel de mentor, num intercâmbio...

Em O INDEFECTÍVEL

Com efeito, a coexistência das gerações prolonga-se..

Em Blog da Sagrada Família

A proibição de coexistência de fogos de habitação permanente e turística (Alojamento Local) no

Em www.ultraperiferias.pt

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decretou que passa a ser proibida a coexistência de focos de habitação permanente e temporária (para fins turísticos) no mesmo edifício..

Em www.ultraperiferias.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




Vivo nos Açores, e na escola aprendi a escrever a palavra açoreano, mas na televisão dizem que é açoriano. Quem tem razão?
De acordo com o ponto 3 da base IX do Acordo Ortográfico de 1945, a que poderá aceder seguindo a hiperligação, o adjectivo referente ao arquipélago dos Açores escreve-se com i, pois grafam-se com i, antes da sílaba tónica, os adjectivos e substantivos derivados com os sufixos -ense e -ano, aos quais se apõe um i para formar as terminações -iense e -iano. Nesta regra incluem-se palavras como açoriano, acriano, cabo-verdiano, camoniano ou torriense.

O Acordo Ortográfico de 1990 [ver Base V, 2.º, alínea c)] não alterou nada relativamente a este ponto para o português europeu. Esta indicação de escrever com i e não com e os derivados em que entram os sufixos -iano e -iense não estava prevista no Formulário Ortográfico de 1943, que regulava a ortografia brasileira, pelo que o português do Brasil, depois da aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, deverá sofrer esta pequena alteração.

pub

Palavra do dia

ar·ven·se ar·ven·se


(latim arvensis, -e)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que cresce em terras cultivadas (ex.: espécie arvense).

2. Que produz grão ou forragem (ex.: cultura arvense; produções arvenses).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/coexist%C3%AAncia [consultado em 01-07-2022]