Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

chã

chãchã | n. f.
fem. sing. de chãochão
Será que queria dizer chá?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

chã chã


(latim plana, feminino de planus, -a, -um, plano, liso, uniforme, chato, fácil)
nome feminino

1. Chão plano ou extensão plana de terra.

2. [Brasil: Nordeste]   [Brasil: Nordeste]  Planalto.

3. [Brasil: Nordeste]   [Brasil: Nordeste]  Zona plantada com cana-de-açúcar.

4. Carne da perna da rês, de entre o joelho e a virilha.


chão chão


nome masculino

1. Superfície onde se pode pôr o pé e andar.

2. Solo, terreno.

3. Sobrado, pavimento.

adjectivo
adjetivo

4. Sem altos nem baixos (ex.: mar chão). = LISO, PLANO

5. [Figurado]   [Figurado]  Simples, lhano.

6. Sem cerca nem muro.

7. Aberto.

8. Sem lavores.

9. Raso, não alto.

10. [Heráldica]   [Heráldica]  Fundo de um quadro, dum tecido, dum escudo ou de qualquer superfície colorida.

11. Pequena terra arborizada e regadia.

12. [Antigo]   [Antigo]  Medida agrária de 60 palmos de comprido por 30 de largo.

13. [Portugal: Beira]   [Portugal: Beira]  Pequena terra arborizada e regadia.


chão que já deu uvas
[Informal]   [Informal]  Pessoa ou coisa que perdeu a atractividade, a vitalidade ou o valor (ex.: a revista considerou a marca de roupa chão que já deu uvas).

Feminino: chã. Plural: chãos.Feminino: chã. Plural: chãos.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "chã" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Hoje têm direito a chá e mel..

Em O INDEFECTÍVEL

Capacete de aço Vocês existem, baionetas e chá com bolos Cooperativas, clubes de mães Concursos de gatos e cães Cães de luxo...

Em O Cheiro da Ilha

debaixo de uma tenda para cumprirem o imperioso compromisso do chá ..

Em O INDEFECTÍVEL

A Casa de Chá no Parque infante, em Aveiro, um fim de tarde sossegado na companhia dos patitos..

Em Urban Sketchers Portugal

10 - NÃO É MALANDRAGEM DA FINA 9- - #catia responde Receita do chá bem dado..

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como classificar a palavra desalmado quanto à sua formação?
A palavra desalmado é habitualmente considerada um adjectivo formado por derivação parassintética, isto é, com aposição simultânea de prefixo (des-) e sufixo (-ado) à palavra alma. No entanto, a existência do verbo desalmar, formado através do mesmo processo de parassíntese (des- + alma + -ar), implica que a palavra desalmado seja também uma flexão verbal, correspondendo ao particípio passado do verbo desalmar, que pode ser usado com valor adjectival.



Tenho ouvido em alguns serviços informativos da TV a utilização incorrecta (acho eu) de alguns verbos. Qual a frase correcta: "O professor mandou os alunos fazerem uma cópia" ou "O professor mandou os alunos fazer uma cópia"? Obrigada.
A dúvida diz respeito ao uso do infinitivo pessoal ou flexionado (fazerem) ou do infinitivo impessoal (fazer).

Quando o sujeito da oração principal (O professor) é diferente do sujeito da oração infinitiva (os alunos), a tendência é usar o infinitivo pessoal, pelo que a frase mais consensual será O professor mandou os alunos fazerem uma cópia. Note-se que não se fala marcadamente de regras relativamente a este tópico porque se trata de uma questão mais do campo da estilística do que do campo da gramática, tal como afirmam Celso Cunha e Lindley Cintra na sua Nova Gramática do Português Contemporâneo (14.ª ed., Edições Sá da Costa, Lisboa, 1998, p. 482):

«O emprego das formas flexionada e não flexionada do infinitivo é uma das questões mais controvertidas da sintaxe portuguesa. Numerosas têm sido as regras propostas pelos gramáticos para orientar com precisão o uso selectivo das duas formas. Quase todas, porém, submetidas a um exame mais acurado, revelaram-se insuficientes ou irreais. Em verdade, os escritores das diversas fases da língua portuguesa nunca se pautaram, no caso, por exclusivas razões de ordem gramatical, mas viram-se sempre, no acto da escolha, influenciáveis por ponderáveis motivos de ordem estilística, tais como o ritmo da frase, a ênfase do enunciado, a clareza da expressão. Por tudo isso, parece-nos mais acertado falar não de regras, mas de tendências que se observam no emprego de uma e de outra forma do infinitivo.»

Sobre este assunto, pode ainda consultar a resposta à dúvida linguística infinitivo flexionado e pretérito mais-que-perfeito

pub

Palavra do dia

re·tror·re·flec·tor |ètô|re·tror·re·fle·tor |ètô|re·tror·re·fle·tor |ètô|


(retro- + reflector)
adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

Que ou aquilo que reflecte a radiação, geralmente a luz, de forma que os raios sejam paralelos aos raios incidentes, mas em sentido oposto (ex.: superfície retrorreflectora; o ciclista deve usar retrorreflectores).


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: retrorrefletor.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: retrorreflector.


• Grafia no Brasil: retrorrefletor.

• Grafia em Portugal: retrorreflector.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/ch%C3%A3 [consultado em 18-08-2022]