Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

café-concerto

café-concertocafé-concerto | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·fé·-con·cer·to |cê|ca·fé·-con·cer·to |cê|


nome masculino

Estabelecimento comercial de diversão onde se pode consumir bebidas e ouvir música ao vivo.

Plural: cafés-concerto ou cafés-concertos.Plural: cafés-concerto ou cafés-concertos.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

NúcleoA70 em Lisboa, 6 de novembro no Ferro Bar no Porto e 13 de novembro no Café Concerto Mavy em Braga. Nenhum homem é uma ilha, escreveu John Donne em 1624. Quase quatrocentos anos depois, constatamos que os homens podem-no ser de facto, bastando para isso isolarem-se – forçadamente, ou não – do mundo

Em Portugal Rebelde

ajuda, da janela manando a luz mais propícia. Do café matinal ao chá vesperal, em articulada pose. Solidão com proveito, auto-suficiência harmonizada. Prado Coelho (o Jacinto, não o gordo) sobre o(s) Pessoa(s). Então, a lembrança do lido torna feriado o pretérito. Todo o pretérito, ele todo dia

Em daniel abrunheiro

(sábado) (15h00, PA) 66 CINEMAS de Philipp Hartmann [1] _ comentado por Gonçalo Ramos Oliveira (programador cultural) e Carlos Natálio (crítico e investigador) (17h00, café-concerto ) Luciana Fina – Lecture Entre Linhas [5] (18h00, PA) O FILME DE OKI de Hong Sang-soo [2] _ comentado por Maria João Madeira

Em Casa das Artes

avião. Já curei bolhas do pé em minha mãe enquanto andava pela Espanha. Já fui de carro a Bahia. Já ouvi um concerto de música clássica dentro do castelo de praga. Já toquei gaita acampado no topo do morro da baleia na chapada dos veadeiros e na Serra do Cipó. Já pesquei com meu filho em Moeda. Já

Em C´est la fucking vie

Agenda: 30 de Setembro | Teatro Municipal da Guarda, Café-concerto (22.00h) 08 de Outubro | CAE de Portalegre (21.30h) 09 de Outubro | Évora, Armazém 8 16 de Outubro | Festival Emergente, Capitólio (Lisboa) www.instagram.com/madalenapalmeirim

Em Portugal Rebelde
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Com o novo acordo ortográfico, como fica o verbo "prover" na terceira pessoa do plural no presente do indicativo? "proveem" (assim como ver -> veem) ou "provêem"?
Segundo o ponto 7.º da base IX do Acordo Ortográfico de 1990, as formas verbais terminadas em -êem deixam de ser acentuadas. É o caso da terceira pessoa do plural do presente do indicativo do verbo ver, que perde o acento circunflexo (vêem -> veem), dos verbos que se conjugam pelo mesmo paradigma (como antever, circunver, desprover, entrever, prever, prover, rever) e também dos verbos crer, ler e seus derivados (crêem -> creem, treslêem -> tresleem). Esta alteração aplica-se também à terceira pessoa do plural do presente do conjuntivo do verbo dar (dêem -> deem) e aos seus derivados (como antedar, desdar, redar, satisdar).

O conjugador online do FLiP pode ser uma ajuda a considerar nestes casos de dúvida. Funciona para português europeu e para português do Brasil, em ambos os casos com e sem o novo Acordo Ortográfico.




Tenho uma dúvida persistente sobre a pronúncia de algumas palavras que mudam a pronúncia do /ô/ por /ó/, como em ovo e ovos quando no plural. Existe alguma regra que me ajudaria nisto, haja visto que procurei em alguns dicionários e não encontrei referência alguma? Minhas maiores dúvidas são com respeito ao plural das palavras rosto, gostoso e aborto.

A letra o destacada em rosto(s) e em aborto(s) pronuncia-se [o] (no alfabeto fonético, o símbolo [o] lê-se ô), vogal posterior semifechada, como a letra o da primeira sílaba de boda(s). Nestes casos, e contrariamente ao caso de ovo/ovos, não existe alternância vocálica entre o singular e o plural (a este respeito, veja-se a resposta plural com alteração do timbre da vogal tónica).

No caso de gostoso, há uma ligeira diferença entre a norma portuguesa e a norma brasileira: em Portugal a primeira sílaba pronuncia-se g[u]s- e no Brasil pronuncia-se g[o]s- (lê-se ô), quer no singular quer no plural. Por outro lado, e tanto no português europeu como no brasileiro, as palavras formadas com o sufixo -oso [ozu] (lê-se ô) alteram no plural para -osos [ɔzuʃ] (lê-se ó): assim, em Portugal pronuncia-se gostoso [guʃ'tozu] no singular e gostosos [guʃ'tɔzuʃ] no plural; no Brasil lê-se gostoso [gos'tozu] no singular e gostosos [gos'tɔzus] no plural.

Existem dicionários, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, 2001) ou o Grande Dicionário – Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004), que possuem transcrição fonética, geralmente de acordo com a norma de Lisboa e do Centro, de quase todas as palavras a que dão entrada (no caso do Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências também são transcritos plurais com alternância vocálica ou com outras irregularidades fonéticas), pelo que poderão constituir um instrumento de apoio para a resolução de dúvidas como esta.


pub

Palavra do dia

ven·tres·ca |ê|ven·tres·ca |ê|


(latim *ventriscula, diminutivo de venter, -tris, ventre)
nome feminino

Posta de peixe imediata à cabeça e que corresponde a parte do ventre do animal (ex.: ventresca de atum). = VENTRECHA, VENTRISCA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/caf%C3%A9-concerto [consultado em 25-10-2021]