Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

borboleta-imperador

borboleta-imperadorborboleta-imperador | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

borboleta-imperador borboleta-imperador


nome

(A definição desta palavra estará disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "borboleta-imperador" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

nossa vez de ter paciência de chinês. Já houve um tempo em que o Imperador da China, com total poder absoluto sobre a vida dos seus milhentos súbditos, não tinha sobre nós qualquer efeito fossem quais fossem as suas birras. Nem o Lorenz se tinha ainda lembrado do efeito borboleta . Tempos felizes e

Em DOTeCOMe...o Blog

februarius . O Imperador César Augusto, de Roma no ano 8 a.c, por exigência, mudou fevereiro que possuía 29 dias e 30 como ano bissexto, um de seus dias passou para o mês de agosto, para que o mesmo ficasse com 31 dias, semelhante a julho, mês batizado assim em homenagem a Júlio César. A Sagrada Família é

Em www.sementedasartes.com.br

agressiva quando - a tua frequência - é afim - por isso - te "decompõem- por isso - sendo mais ácido - são afins ao padrão - sempre o mesmo); TO SEE THE WORLD IN A GRAIN OF SAND AND HEAVEN IN A WILD FLOWER HOLD INFINITY IN THE PALM OF YOUR HAND AND ETERNITY - IN AN HOURs - W. BLAKE uma simples borboleta

Em Tears of Heaven

: Depois das perdizes paradas O sorriso enigmático do javali Gina gineta A águia que subia Uma cobra para três corvos O deputado das lebres extraterrestres Talvez a segunda vida A borboleta do imperador Ming O lagarto da clave de sol Animal doméstico O texugo mais gordo do montado Uma rela Notas : -

Em fantasticoalgarve.blogs.sapo.pt

'. Que distância vai da revolta de Espártaco a uma revolta 'operária'! Ele não poderia conceber uma mudança no poder de Roma, como um revolucionário dos bons tempos. Se tivesse derrotado Crasso, não seria um símbolo da liberdade, mas um imperador 'sui generis'. O rei da Pérsia não tinha medo de

Em Persona
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


No âmbito do meu trabalho surgiu-me uma dúvida na aplicação do Novo Acordo Ortográfico. Agradecia que me ajudassem. Segundo as regras a palavra “Egipto” deveria manter-se como tal pois o “p” sempre se leu, correto? A minha dúvida é que há vários meios de comunicação a falar “Egito” mas depois mantêm palavras com “Egípcios”, etc. Outra possibilidade é que na palavra em questão seja aceite a dupla grafia, mas mesmo assim seria o mais correto mantermos o “Egipto”, não?
A alínea b) do ponto 1.º da Base IV do Acordo Ortográfico de 1990 refere explicitamente o topónimo Egipto como uma das palavras em que o p se elimina porque “o c, com valor de oclusiva velar, das sequências interiores cc (segundo c com valor de sibilante), e ct, e o p das sequências interiores pc (c com valor de sibilante), e pt” se eliminam “nos casos em que são invariavelmente mudos nas pronúncias cultas da língua: ação, acionar, afetivo, aflição, aflito, ato, coleção, coletivo, direção, diretor, exato, objeção; adoção, adotar, batizar, Egito, ótimo” (o destaque é nosso).

Assim sendo, Egipto deverá passar a ser grafado Egito, porque o Acordo Ortográfico considera que o p dessa palavra nunca se pronuncia, ainda que seja notória a oscilação entre a pronúncia e o emudecimento dessa letra entre os falantes do português europeu. Uma vez que o p de egípcio e das suas flexões (egípcios, egípcia, egípcias) é sempre pronunciado, nestes casos não há alteração de grafia, ainda que possa parecer que se institui uma contradição entre a grafia do nome do país (Egito) e a do seu gentílico (egípcio).

A "Nota Explicativa" (ponto 4.3 – Incongruências aparentes) relativa à Base IV tenta justificar a divergência ortográfica entre estas palavras, afirmando que “a aplicação do princípio, baseado no critério da pronúncia, de que as consoantes c e p em certas sequências consonânticas se suprimem, quando não articuladas, conduz a algumas incongruências aparentes [...] De facto, baseando-se a conservação ou supressão daquelas consoantes no critério da pronúncia, o que não faria sentido era mantê-las, em certos casos, por razões de parentesco lexical”.




É possível dizermos arrostar com as consequências ou deveríamos omitir o com da frase?
O verbo arrostar é usualmente registado como transitivo directo, isto é, seleccionando um complemento sem ligação através de preposição (ex.: Arrostou as consequências) ou como transitivo indirecto, isto é, seleccionando um complemento com ligação através de preposição, com a preposição a (ex.: Arrostou às [= crase da preposição a + artigo definido as] consequências) ou com a preposição com (ex.: Arrostou com as consequências). Esta preposição com é também a mais usual com o uso pronominal do verbo (ex.: Arrostou-se com as consequências). As quatro construções são então possíveis.
pub

Palavra do dia

ja·ca·çu ja·ca·çu


(de origem tupi)
nome masculino

[Brasil]   [Brasil]   [Ornitologia]   [Ornitologia]  Ave columbiforme (Patagioenas picazuro) da família dos columbídeos, encontrada na América do Sul. = POMBA-ASA-BRANCA

Confrontar: jacuaçu.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/borboleta-imperador [consultado em 11-08-2022]