PT
BR
Pesquisar
Definições



bem

A forma bempode ser[adjectivo de dois géneros e de dois númerosadjetivo de dois géneros e de dois números], [advérbio], [elemento de composição], [interjeição], [nome masculino plural] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
bem-bem-


elemento de composição

Entra na composição de várias palavras e significa bem, de maneira excelente. (É seguido de hífen quando o segundo elemento começa por vogal ou h, ou então por consoante, mas esta em perfeita evidência de sentido.)

etimologiaOrigem etimológica:latim bene, bem.
bembem


nome masculino

1. O que é bom, lícito e recomendável (ex.: fazer o bem).MAL

2. Conjunto de benefícios ou de coisas que provocam consequências positivas (ex.: percebo que isto será para o meu bem). = PROVEITO, VANTAGEMDANO, DESVANTAGEM, MAL, PREJUÍZO

3. Situação agradável do corpo e do espírito; situação de conforto ou de satisfação (ex.: foi um bem para nós; estes dias de descanso fizeram-lhe bem). = BEM-ESTARMAL-ESTAR, SOFRIMENTO

4. O que abona; conjunto de qualidades positivas (ex.: só consigo dizer bem dessa empresa).MAL

5. Pessoa querida ou amada (ex.: você já vai sair, bem?). = AMOR, QUERIDO


advérbio

6. Como é devido; como é conveniente ou apropriado (ex.: se trabalharmos bem, acabamos amanhã; a questão foi bem resolvida). = DEVIDAMENTEINCONVENIENTEMENTE, INDEVIDAMENTE, MAL

7. De modo agradável ou harmonioso (ex.: cheira bem; o anfitrião trata muito bem os visitantes).MAL

8. De maneira que satisfaz (ex.: a entrevista correu bem; estou bem instalada).MAL

9. Com saúde (ex.: esteve no hospital, mas agora já está bem).MAL

10. De modo intenso ou em grau elevado (ex.: choveu bem esta noite; ele é bem falador). = BASTANTE, EXTREMAMENTE, MUITOPOUCO

11. Com precisão ou certeza (ex.: sei bem qual é o problema). = EXACTAMENTE, PRECISAMENTE


adjectivo de dois géneros e de dois númerosadjetivo de dois géneros e de dois números

12. [Informal] [Informal] Que é relativo a ou considerado como pertencente a uma classe social elevada.


interjeição

13. Usa-se para exprimir apoio ou concordância.

14. Expressão usada quando se quer encerrar um assunto ou introduzir um novo (ex.: bem, vamos embora). = BOM

bens


nome masculino plural

15. Conjunto de haveres ou propriedades.


a bem

De livre vontade e sem litígio (ex.: resolvemos tudo a bem).À FORÇA, A MAL

bem como

Usa-se para indicar que algo se faz ou acontece da mesma forma que ou à semelhança de; e também (ex.: explicou detalhadamente o evento, bem como as funções de cada interveniente). = ASSIM COMO

bem comum

Direito ou benefício colectivo ou quem contribui para o bem-estar colectivo.

bem de capital

[Economia] [Economia]  Bem que serve para produzir outros bens, em especial bens de consumo (ex.: uma máquina industrial é um bem de capital). [Mais usado no plural.]

bem de consumo

[Economia] [Economia]  Bem que se destina à satisfação de uma necessidade imediata (ex.: um automóvel é um bem de consumo). [Mais usado no plural.]

bem de produção

[Economia] [Economia]  Bem que é usado na produção de outros bens (ex.: as matérias-primas e os equipamentos para as transformar são bens de produção). [Mais usado no plural.]

bens adquiridos

[Direito] [Direito]  Os granjeados durante o matrimónio.

bens de raiz

[Direito] [Direito]  Prédios rústicos ou urbanos.

de bem

Que tem boa índole; que é correcto, honesto, honrado (ex.: pessoa de bem).

mandar bem

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Fazer algo com excelência, qualidade ou sucesso. = ARRASAR

se bem que

Usa-se para introduzir uma frase subordinada e indica oposição a uma outra ideia exposta, mas que não é impeditiva (ex.: a intenção é boa, se bem que não resolve o problema; se bem que contenha riscos, a proposta é interessante).

trocar de bem

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Fazer as pazes.

etimologiaOrigem etimológica:latim bene.
Confrontar: nem.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:espólio, fazenda, património, pecúlio.
Ver também resposta à dúvida: comparativo de superioridade: melhor e mais bem.

Auxiliares de tradução

Traduzir "bem" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



A palavra vigilidade, que tem origem na palavra vígil, tem suscitado alguma controvérsia na área em que estou envolvido. É um termo que é utilizado nalguns trabalhos de psicologia e por algumas instituições nacionais ligadas aos medicamentos (ex: INFARMED). No entanto, não encontrei a palavra nos dicionários que consultei, inclusivamente o da Priberam. Alternativamente a palavra utililizada é vigilância. Assim, gostaria de saber a vossa opinião sobre este assunto.
Também não encontrámos a palavra vigilidade registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados. No entanto, este neologismo respeita as regras de boa formação da língua portuguesa, pela adjunção do sufixo -idade ao adjectivo vígil, à semelhança de outros pares análogos (ex.: dúctil/ductilidade, eréctil/erectilidade, versátil/versatilidade). O sufixo -idade é muito produtivo na língua para formar substantivos abstractos, exprimindo frequentemente a qualidade do adjectivo de que derivam.

Neste caso, existem já os substantivos vigília e vigilância para designar a qualidade do que é vígil, o que poderá explicar a ausência de registo lexicográfico de vigilidade. Como se trata, em ambos os casos, de palavras polissémicas, o uso do neologismo parece explicar-se pela necessidade de especialização no campo da medicina, psicologia e ciências afins, mesmo se nesses campos os outros dois termos (mas principalmente vigília, que surge muitas vezes como sinónimo de estado vígil) têm ampla divulgação.




Sou formanda de um curso de qualificação profissional e no âmbito do mesmo tenho aulas de Português. Pelo menos duas vezes, fui confrontada com ensinamentos que não me parecem correctos.
Primeira: a professora diz-nos que o advérbio de modo raramente é uma palavra esdrúxula. Recordo ainda a voz da minha professora da Escola Secundária, dizendo-nos que todos os advérbios de modo são palavras graves. Não importa de que adjectivo venham, ao transformarem-se em advérbios de modo a sílaba tónica passa a ser “men” (a penúltima) e, portanto, são palavras graves.
Segunda: esta senhora pôs-nos hoje a completar frases com o presente do conjuntivo de alguns verbos. Uma das frases compreendia a primeira pessoa do plural do verbo conseguir que ela completou com "consígamos" (até o corrector ortográfico do computador discorda!). Esta eu já verifiquei no vosso site (perdoem-me os anglicismos) e efectivamente não vejo acento no i.
De facto, os advérbios terminados em -mente são palavras graves (ou paroxítonas) e nunca esdrúxulas (ou proparoxítonas), porque este sufixo possui o acento de intensidade na penúltima sílaba (-men-).

Sobre a segunda questão, consulte por favor a resposta à dúvida peçamos e tragamos.