Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

bati-

bati-bati- | elem. de comp.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bati- bati-


(grego bathús, -eia, -ú, profundo)
elemento de composição

Exprime a noção de profundidade (ex.: batipelágico, batiscafo).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "bati-" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

automobilistas estão sempre a buzinar e acenar-me.Acho isso simpático, embora um pouco perigoso. É que um deles apontou para o céu com o dedo espetado. Quando procurei ver o que me apontava, quase bati . Valeu que ia à minha velocidade de cruzeiro de 10 à hora. 10 de Fevereiro Os outros automobilistas têm hábitos

Em Fonte do Lavra

arrepiada, era sentir calafrios pela espinha abaixo. Já ouvi quem se referisse a um concerto dos Dead Can Dance como uma experiência místico-religiosa, já ouvi chamar-lhe ritual xamânico. Infelizmente, não senti a magia que queria sentir. Sim, abanei a cabeça, bati palmas, dancei na cadeira, não consegui

Em Gotika

empurrar para a gestão [desportiva] foi quando bati com meu E-type. Eu estava cansado depois de semanas trabalhando ininterruptamente, e adormeci. [A minha cabeça] atravessou o pára-brisas, magoei os meus olhos e dilacerei meu rosto. Fiquei no hospital por várias semanas e não pude fazer nada físico por

Em Continental Circus

feitas a Sarabia. "Eu estava em casa e também bati palmas à despedida do Sarabia. Ele não é jogador do Sporting. Digo a mesma coisa [que disse] quando foi com o João Mário. Quer ir embora, vai embora. Foi [João Mário] para o Benfica, paciência. Não é jogador do Sporting. Se tinha pena? Tinha porque é um

Em Fora-de-jogo

antipáticos, rudes, pouco colaborantes (isto é um eufemismo: onde puderem pôr um obstáculo põem três). Chamar-lhes Pequenos Hitlers é uma ironia de peso: são todos gordos obesos, arrogantes, mal-criados. Bati o meu recorde: um dia inteiro para fazer uma clearance de saída. Um dia! Das ilhas, nada a dizer

Em Don Vivo
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Li o texto do Acordo Ortográfico de 1990 e outros textos sobre o assunto, e tomava a liberdade de perguntar qual a posição da Priberam relativamente aos prefixos sub-, ad- e ab- quando seguidos por palavra iniciada por r cuja sílaba não se liga foneticamente com o prefixo. Concretizando: sub-rogar ou subrogar; ad-rogar ou adrogar; ab-rogar ou abrogar? O Acordo, aparentemente, é omisso quanto à matéria, e já vimos opções diferentes da por vós tomada na versão 7 do FLIP.
O texto legal do Acordo Ortográfico de 1990 (base XVI) é, de facto, omisso relativamente ao uso de hífen com prefixos terminados em consoantes oclusivas (como ab-, ad- ou sub-) quando o segundo elemento da palavra se inicia por r (como em ab-rogar, ad-rogar ou sub-rogar). Para que seja mantida a pronúncia [R] (como em carro) do segundo elemento, terá de manter-se o hífen, pois os casos de ab-r, ad-r, ob-r, sob-r, sub-r e afins são os únicos casos na língua em que há os grupos br ou dr (que se podiam juntar a cr, fr, gr, pr, tr e vr) sem que a consoante seja uma vibrante alveolar ([r], como em caro ou abrir). Se estas palavras não contiverem hífen, o r ligar-se-á à consoante que o precede e passará de vibrante velar (ex.: ab[R], sub[R]) a vibrante alveolar (ex.: ab[r], sub[r]). Não se pode, por isso, alterar a fonética por causa da ortografia, nem alterar a grafia, criando uma excepção ortográfica, só porque o legislador/relator ou afim escamoteou ou esqueceu este caso. O argumento de que a opção de manter o hífen nestes casos segue o espírito do acordo pode reforçar-se se olharmos, por exemplo, para os casos dos elementos de formação circum- e pan-, onde não se criam excepções à estrutura silábica, nem à pronúncia (cf. circum-escolar e não circumescolar; pan-africano e não panafricano).
Pelos motivos expostos, a opção da Priberam é manter o hífen nos casos descritos.




Gostaria de saber se há ou não crase nestas expressões: até as 10 horas e entre as 9 e 10 horas.
Na norma brasileira, como é referido na resposta até, a presença da crase (neste caso, contracção de preposição a com o artigo as: a + as = às) a seguir à preposição até é facultativa, pois também é facultativo o uso da preposição a nesse contexto. Como tal, tanto pode escrever, por exemplo, O museu está fechado até às 10 horas como O museu está fechado até as 10 horas. A primeira hipótese, com crase, é a de uso mais corrente em Portugal, sendo a segunda mais usual no Brasil.

No caso da expressão entre as 9 e as 10 horas, a crase seria agramatical, pois a preposição entre já traduz uma noção de delimitação ou de intervalo e não necessita da preposição a, ao contrário, por exemplo, da preposição de. Daí que se escreva O evento ocorrerá entre as 9 e as 10 horas, sem crase, mas O evento ocorrerá das 9 às 10 horas (sobre este assunto, consulte também a resposta crase em intervalo temporal).

pub

Palavra do dia

der·máp·te·ro der·máp·te·ro


(grego dérma, -atos, pele + -ptero)
adjectivo
adjetivo

1. [Entomologia]   [Entomologia]  Relativo aos dermápteros.

nome masculino

2. [Entomologia]   [Entomologia]  Espécime dos dermápteros.


dermápteros
nome masculino plural

3. [Entomologia]   [Entomologia]  Ordem de insectos de asas curtas ou inexistentes, cujo abdómen termina em dois ganchos em forma de tenaz.


SinónimoSinônimo Geral: DERMATÓPTERO, EUPLEXÓPTERO

Confrontar: dermóptero.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bati- [consultado em 04-07-2022]