Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

barba

barbabarba | n. f. | n. f. pl.
3ª pess. sing. pres. ind. de barbarbarbar
2ª pess. sing. imp. de barbarbarbar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bar·ba bar·ba


(latim barba, -ae)
nome feminino

1. Conjunto dos pêlos que o homem tem na cara.Ver imagem

2. Parte inferior do rosto, abaixo dos lábios. = MENTO, QUEIXO

3. [Botânica]   [Botânica]  Prolongamento fino e pontiagudo da inflorescência das gramíneas.Ver imagem = ARESTA, ARISTA, PRAGANA

4. [Botânica]   [Botânica]  Conjunto de filamentos alongados de certos vegetais, de seus frutos ou flores (ex.: barba do milho).Ver imagem

5. [Marinha]   [Marinha]  Parte inferior do exterior da proa.


barbas
nome feminino plural

6. [Zoologia]   [Zoologia]  Conjunto de pêlos no focinho ou no bico de alguns animais.

7. [Zoologia]   [Zoologia]  Conjunto de lâminas córneas da baleia.

8. [Botânica]   [Botânica]  Conjunto de raízes filamentosas que saem da raiz principal.

9. Conjunto de pêlos ou fios (ex.: barba do pincel; barba do hissope).

10. Parte lateral do que não está convenientemente aparado (ex.: barbas do papel, barbas da madeira).

11. [Figurado]   [Figurado]  Idade avançada; anos.

12. Designação de qualidades pessoais (ex.: barbas honradas; barbas francas).


à barba longa
[Informal]   [Informal]  Sem gastar dinheiro próprio; à custa dos outros. = À CUSTA DA BARBA LONGA

barba à americana
Aquela que só é crescida no queixo.

barba a barba
Cara a cara; frente a frente.

barba cerrada
Aquela que é contínua de orelha a orelha.

barba à inglesa
Crescida nas faces e rapada no queixo.

barba rapada
Toda feita.

deitar as barbas de molho
O mesmo que pôr as barbas de molho.

fazer a barba
Cortar ou rapar com uma lâmina os pêlos da cara (ex.: já barbeei dois clientes; cortou-se enquanto fazia a barba). = BARBEAR

fazer barba, cabelo e bigode
[Informal]   [Informal]  Ganhar tudo (ex.: ficou de braços cruzados enquanto o candidato adversário fez barba, cabelo e bigode na assembleia).

já ter barba(s)
[Informal]   [Informal]  Ser muito antigo (ex.: essa anedota já tem barbas).

nas barbas de
Na presença de alguém ou com uma proximidade muito grande em relação a alguém (ex.: o roubo aconteceu nas barbas da polícia).

pôr as barbas de molho
Preparar-se para um perigo que se antevê. = ACAUTELAR-SE, PRECAVER-SE


Ver também resposta à dúvida: fazer a barba/desfazer a barba.

bar·bar bar·bar

- ConjugarConjugar

verbo intransitivo

1. Começar a ter barba.

2. Adquirir radículas.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "barba" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...surpresa, pois também não me identifico com aqueles a quem há pouco cresceu a barba

Em TEMPO CONTADO

, Barba de Sapo e Dalai Lume..

Em Billy-News

Na final de 1963, ainda ponderou aparecer novamente com barba , mas 'não surgiu um dia apropriado para a deixar crescer..

Em O INDEFECTÍVEL

...O paciente apresenta cor de pele parda, cabelos pretos e curtos e estava de barba quando foi socorrido (a barba foi retirada no hospital)..

Em www.blogrsj.com

o Zé Manuel, com a sua caraterística barba e o seu ar inocente, a minha

Em Vendo o Mundo de binóculos, do alto de Marvão
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Tenho algumas dúvidas relativamente à posição do pronome nas seguintes estruturas gramaticais, deve dizer-se: a) gostava de o ver ou gostava de vê-lo; b) tenho o prazer de o convidar ou tenho o prazer de convidá-lo?
Nas frases apontadas, ambas as hipóteses podem ser utilizadas e nenhuma delas é considerada incorrecta. Nas hipóteses gostava de vê-lo e tenho o prazer de convidá-lo, o pronome átono o ocupa a sua posição canónica, à direita do verbo de que depende (ver e convidar, respectivamente), mas, na colocação dos clíticos, as preposições provocam geralmente a próclise, isto é, a atracção do clítico para antes do verbo (gostava de o ver e tenho o prazer de o convidar). Esta colocação proclítica é, no entanto, obrigatória quando o verbo está no infinitivo flexionado (ex.: Empresto-te o livro, mas é para o leres com atenção; Ele indignou-se por lhe omitirmos informação; e nunca *Empresto-te o livro, mas é para lere-lo com atenção; *Ele indignou-se por omitirmos-lhe informação; o asterisco indica agramaticalidade).

A descrição feita acima não se aplica à preposição a, com a qual não há geralmente atracção do clítico (ex.: Eles estavam a insultar-se; Aconselhei as crianças a reconciliarem-se; e não *Eles estavam a se insultar; Aconselhei as crianças a se reconciliarem), senão em registos dialectais do português europeu e, mais frequentemente, no português do Brasil.




Como é que se conjuga o verbo ser: Não SOU eu quem autoriza ou Não É eu quem autoriza? Não SOU eu que autorizo ou Não É eu que autorizo?
As frases referidas contêm duas orações, uma subordinante (não sou eu), cujo sujeito é o pronome eu, e uma subordinada completiva substantiva (quem autoriza ou que autorizo), que desempenha a função de predicativo do sujeito da oração subordinante. Assim, se colocarmos os constituintes da primeira oração na ordem sujeito-verbo-predicativo do sujeito é mais fácil visualizar a estrutura que explica que o verbo ser deve concordar com o pronome eu (eu não sou [quem autoriza ou que autorizo]). A oração subordinada (quem autoriza ou que autorizo), quando construída com o pronome relativo quem obriga a que o verbo autorizar concorde com este pronome em género e número, correspondendo à terceira pessoa do singular; quando a oração subordinada se constrói com o pronome relativo que, o verbo autorizar deve estar na primeira pessoa do singular, pois o sujeito deste verbo é o pronome que, o qual, ao contrário do pronome quem, concorda obrigatoriamente com o antecedente nominal ou pronominal existente na oração anterior, no caso, o pronome eu.
pub

Palavra do dia

cor·mo·rão cor·mo·rão


(francês cormoran)
nome masculino

[Ornitologia]   [Ornitologia]  Designação dada a várias aves aquáticas do género Phalacrocorax, de plumagem negra ou acinzentada, pescoço longo, bico comprido e recurvado e patas curtas, do tamanho aproximado de um pato. = BIGUÁ, CORVO-MARINHO, GALHETA

Plural: cormorões.Plural: cormorões.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/barba [consultado em 03-07-2022]