Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
1ª pess. sing. pret. perf. ind. de balearbalear
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ba·le·ar ba·le·ar 1 - ConjugarConjugar
(bala + -ear)
verbo transitivo e pronominal

1. Atingir com bala, provocando dano, ferimento ou morte (ex.: foi acusado de balear mortalmente o vizinho; baleou-se no pé).

adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

2. Que é próprio para dar impulso ou arremessar algo (ex.: funda balear).


ba·le·ar ba·le·ar 2 - ConjugarConjugar
(baleio + -ar)
verbo transitivo

[Portugal: Beira, Trás-os-Montes]   [Portugal: Beira, Trás-os-Montes]  Limpar com o baleio o grão nas eiras.

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Como se fala: segue em anexo, segue o anexo ou segue anexo?
Todas as construções que refere estão correctas, apesar de apresentarem estruturas bastante diferentes.

Na primeira (segue em anexo), estamos perante a utilização do verbo seguir com um complemento adverbial (em anexo) que indica modo (ex.: o ficheiro segue em anexo [= anexamente]).

Na segunda frase (segue o anexo), o sintagma nominal o anexo tem função de sujeito da frase, pelo que tem de haver concordância em número e pessoa com o verbo (ex.: segue o anexo; seguem os anexos).

Na terceira frase (segue anexo), anexo é um adjectivo que funciona como predicativo do sujeito, pelo que deverá concordar em género e em número com o mesmo (ex: segue anexo o documento; segue anexa a documentação).




Na frase Estás em casa?, ao respondermos Estou, sim, a vírgula deve aparecer na resposta ou não? Outro exemplo: Queres? e a resposta: Quero sim.
Segundo alguns gramáticos, como Celso Cunha e Lindley Cintra na Nova Gramática do Português Contemporâneo (14.ª ed., Lisboa, Edições João Sá da Costa, 1998, p. 646), a vírgula deve ser usada em frases curtas deste tipo, sendo uma forma de realçar a resposta afirmativa (já contida nas formas verbais estou e quero) à questão colocada. De facto, as frases são afirmativas quando não têm uma partícula de negação; o advérbio de afirmação sim não está, por isso, a modificar directamente o verbo, como estariam os advérbios destacados em frases como Não estou ou Quero urgentemente, sendo antes usado como forma de enfatizar ou intensificar toda a oração.
pub

Palavra do dia

fu·lus·tre·co |é| fu·lus·tre·co |é|
(talvez de fulano)
nome masculino

1. [Brasil, Informal, Depreciativo]   [Brasil, Informal, Depreciativo]  Qualquer pessoa cujo nome se desconhece ou se quer omitir. = FULANO, INDIVÍDUO, SUJEITO, TIPO

2. [Brasil, Informal, Depreciativo]   [Brasil, Informal, Depreciativo]  Indivíduo que se considera insignificante ou sem poder económico. = HOMÚNCULO, JOÃO-NINGUÉM, ZÉ-NINGUÉM

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/baleei [consultado em 29-10-2020]