PT
BR
Pesquisar
Definições



baixinho

A forma baixinhopode ser [derivação masculino singular de baixobaixo], [adjectivoadjetivo], [advérbio] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
baixinhobaixinho
( bai·xi·nho

bai·xi·nho

)


adjectivoadjetivo

1. Que é muito baixo.


nome masculino

2. [Informal] [Informal] Pessoa de baixa estatura. = BAIXOTE


advérbio

3. Com pouca intensidade ou com pouco volume; de forma pouco audível (ex.: cantar baixinho; tocar baixinho). = BAIXOALTO

4. Em segredo, de modo discreto (ex.: censurar baixinho).

etimologiaOrigem etimológica:baixo + -inho.
baixobaixo
( bai·xo

bai·xo

)
Imagem

MúsicaMúsica

Instrumento mais grave da família das guitarras (ex.: baixo eléctrico).


adjectivoadjetivo

1. Que tem menos altura que a ordinária (ex.: jogador baixo; casas baixas).ALTO, GRANDE

2. Que está a pouca altura em relação ao solo ou em relação ao nível do mar (ex.: voo baixo).ALTO, ELEVADO

3. Que tem pouca profundidade (ex.: águas baixas; a margem do rio é mais baixa deste lado).ALTO, PROFUNDO

4. Que tem valores ou medidas inferiores à média ou ao que é considerado normal ou conveniente (ex.: baixas temperaturas; preço baixo; pressão arterial baixa).ALTO, EXCESSIVO

5. Que é tem um grau ou nível pouco elevado (ex.: baixa precisão; baixa qualidade; baixas profundidades; mostrou baixa consideração pelas instituições).ALTO, ELEVADO

6. Que está inclinado ou voltado para o chão (ex.: cabeça baixa; olhos baixos). = ABAIXADOERGUIDO

7. Que custa pouco ou implica um menor gasto. = BARATOALTO, CARO, DISPENDIOSO

8. Que tem pouco valor ou importância. = INFERIOR, IRRELEVANTE, SOMENOSESSENCIAL, IMPORTANTE, INDISPENSÁVEL, RELEVANTE

9. Que tem pouca importância numa escala hierárquica, social ou económica (ex.: baixa burguesia). = INFERIORALTO, SUPERIOR

10. Em que há menos actividade ou procura (ex.: época baixa).ALTO

11. Que provoca desprezo ou que tem poucos escrúpulos morais (ex.: atitude baixa). = DESPREZÍVEL, IGNÓBIL, INDIGNO, INFERIOR, PEQUENO, RELES, VILDIGNO, ELEVADO, NOBRE

12. Que se ouve mal ou com dificuldade (ex.: a música está muito baixa; som baixo; voz baixa). = FRACOALTO, DISTINTO, FORTE

13. Que está perto da foz (ex.: baixo Douro). = INFERIORALTO, SUPERIOR

14. Que fica mais a sul, geralmente em relação a outro local com o mesmo nome (ex.: Beira Baixa). = INFERIORALTO, SUPERIOR

15. Que fica na ou constitui a última fase de um período ou de uma realidade (ex.: baixa Idade Média). = TARDIOALTO

16. [Acústica] [Acústica] Que é produzido por ondas de baixa frequência lenta ou tem baixa frequência (ex.: voz de tonalidade mais baixa). = GRAVEAGUDO, ALTO

17. [Fonética] [Fonética] Que se pronuncia com o abaixamento da língua em relação a posição de descanso (ex.: [a] é uma vogal baixa).


advérbio

18. Em lugar pouco elevado ou a pouca altura do solo (ex.: voar baixo).ALTO

19. Em voz baixa (ex.: falar baixo). = BAIXINHOALTO

20. Em tom grave (ex.: cantar mais baixo).ALTO


nome masculino

21. Parte inferior. = BASEALTO, CIMO, CUME

22. Local mais fundo ou situado a um nível inferior em relação a outros. = DEPRESSÃO

23. Parte do mar em que a água é pouco profunda. = BAIXIO

24. [Marinha] [Marinha] Parte exterior do navio abaixo da linha de água.

25. [Música] [Música] Nota ou som produzido no registo inferior de qualquer voz ou instrumento. = GRAVE

26. [Música] [Música] Voz ou cantor que dá as notas mais graves.

27. [Música] [Música] Corda de instrumento que dá sons graves.

28. [Música] [Música] Instrumento mais grave da família das guitarras (ex.: baixo eléctrico).Imagem

29. [Música] [Música] Instrumento de cordas maior e mais grave da família do violino, tocado em posição vertical.Imagem = CONTRABAIXO, RABECÃO

30. [Música] [Música] Pessoa que toca um desses instrumentos. = BAIXISTA


adjectivo de dois géneros e dois números e nome masculinoadjetivo de dois géneros e dois números e nome masculino

31. [Música] [Música] Diz-se de ou instrumento mais grave de cada família de instrumentos (ex.: guitarra baixo; o som do baixo está desafinado).

baixos


nome masculino plural

32. Piso inferior de um prédio, que muitas vezes corresponde a lojas. = RÉS-DO-CHÃO

33. Perigos, obstáculos ou dificuldades.


em baixo

[Portugal] [Portugal] Numa posição ou num nível inferior.EM CIMA

[Portugal] [Portugal] Em más condições, em mau estado ou sem ânimo. = MAL

[Portugal] [Portugal] Fora de serviço ou de funcionamento (ex.: o site está em baixo).

etimologiaOrigem etimológica:latim tardio bassus, -a, -um, de pouca altura.
Nota: No português do Brasil, a locução "em baixo" escreve-se aglutinadamente: "embaixo".


Dúvidas linguísticas



Agradeço que me informem como devo pronunciar a palavra maximizar, isto é, se deve ser macsimizar ou massimizar.
A letra -x- da palavra maximizar poderá ser pronunciada [ks] ou [s] e é esta a opção dos dicionários de língua que registam a transcrição fonética (por exemplo, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências ou do Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora), pois se por um lado deriva do adjectivo e substantivo máximo, cujo -x- se lê habitualmente [s] no português europeu, por outro tem alguma influência do inglês (maximise ou maximize) ou do francês (maximiser).



Em pesquisa no Dicionário Priberam sobre a palavra "transsexualidade" reparei que me é sugerida a forma "transexualidade" e reparei que pode haver sugestão de inclusão de palavra que não conste no dicionário. Venho então sugerir, e questionar sobre o uso correto da palavra, que transsexualidade e seus derivados sejam incluídos neste dicionário. Já encontrei diversas vezes uso de transsexualidade, inclusive no Grande Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora (2004), que indica as duas palavras como corretas, seja "transexualidade", seja "transsexualidade". Com efeito, toda a vida tenho ouvido a palavra como /trâns-sèxuál/ e são raras as vezes que oiço /trâncèxuál/. Daí acreditar que a forma correta de se escrever a palavra, ou pelo menos aceitável, é a de a escrever com dois esses. Se eu escrever a palavra com um esse soa-me mal, pois eu não a pronuncio dessa forma. Poderão ajudar-me com esta questão? E será possível a inclusão de "transsexual"?
A palavra transexual (e os seus derivados, como transexualidade, transexualismo, etc.) deverá ser escrita apenas com um , uma vez que em português o esse dobrado () representa o som [s] apenas em contextos intervocálicos (ex.: assar, isso, promessa, russo), e nunca em início de palavra ou depois de consoante. Esta reflexão aplica-se igualmente a outras palavras com o mesmo contexto, formadas com o prefixo trans- e uma palavra começada por (e seus derivados), que dever ser grafadas apenas com um (ex.: transecular, transiberiano, transubstanciar).

Sobre este assunto também se pronuncia Rebelo Gonçalves, no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida, 1947, p. 75, OBS. 3.ª), uma das obras de referência maiores para a lexicografia portuguesa: "Não podendo haver a consoante dobrada ss, assim como a consoante dobrada rr, senão em posição intervocálica, o s do prefixo trans- é eliminado quando se segue um elemento começado por s: transecular, transiberiano, transubstanciação, transudar". O Acordo Ortográfico de 1990 não altera nada na grafia destas palavras.

Em relação à pronúncia desta palavra (e das outras que se encontram no mesmo contexto), é recomendada a pronúncia tran[s]exual e não tran[ch]exual ou tran[chs]exual, em especial em situações formais ou em que se pretenda uma pronúncia irrepreensível. São estas as recomendações de ortoépia das obras que apresentam transcrição fonética ou indicações de pronúncia. No entanto, ao contrário da ortografia, em que as regras são convenções rígidas, não há critérios rigorosos de correcção linguística no que diz respeito à pronúncia, desde que certas relações entre ortografia e fonética sejam respeitadas.