Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

bafos

masc. pl. de bafobafo
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ba·fo ba·fo


(origem onomatopaica)
nome masculino

1. Ar expirado na respiração (ex.: sentir um bafo na pele). = BAFEJO, SOPRO

2. Cheiro do ar expirado pela boca (ex.: bafo a tabaco; bafo de álcool). = HÁLITO

3. [Informal]   [Informal]  Ar (ex.: o ventilador solta um bafo quente; o bafo gelado de uma manhã de Inverno).

4. [Informal]   [Informal]  Calor (ex.: está um bafo que não se aguenta).

5. [Figurado]   [Figurado]  Aquilo que estimula ou inspira. = ALENTO, INSPIRAÇÃO

6. [Figurado]   [Figurado]  Auxílio, favorecimento ou protecção (ex.: esperar um bafo de sorte). = BAFEJO

7. [Figurado]   [Figurado]  Amor, carinho.

8. [Figurado]   [Figurado]  Conversa sem importância ou para enganar. = CONVERSA FIADA

9. [Brasil]   [Brasil]   [Culinária]   [Culinária]  Vapor (ex.: camarão ao bafo; legumes cozidos no bafo).


bafo de onça
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Mau hálito.

[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Hálito com cheiro de bebida alcoólica.

ser um bafo
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Ser muito bom ou perfeito; ser um sucesso (ex.: a festa foi um bafo).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "bafos" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Aos primeiros bafos de calor extraordinário, fenómeno raro mas que é parte integrante do nosso clima, Portugal...

Em BioTerra

...para sair ar mole oleoso cheiro de comida cheiro de incenso cheiro de mulata bafos quentes de sacristias e cozinhas panelas fervendo temperos ardendo o Santíssimo Sacramento se elevando...

Em Geopedrados

...Niro fuma e na forma despreocupada com que um " fuck " sai entre bafos , cena após cena..

Em Cinema Notebook

Mas, obviamente, os bafos nas alturas não são monopólio norte-americano..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

Un médico de pelo branco, voz grave e falar sereo recomendou bafos de vapor e bebidas quentes porque -dixo- o virus non atura temperaturas altas..

Em humorgrafe
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Por gentileza, qual o antônimo de cordial?
De acordo com o Dicionário Houaiss de Sinónimos e Antónimos, os antónimos do adjectivo cordial podem ser frio, indiferente, seco (ex.: teve uma atitude cordialteve uma atitude indiferente); desrespeitoso (ex.: as relações entre eles são cordiaisas relações entre eles são desrespeitosas); antipático, descortês, deseducado e grosseiro (ex.: os empregados daquela loja são cordiaisos empregados daquela loja são antipáticos). Os antónimos de cordial não se esgotam nesta lista, mas são estes os mais comuns para os diferentes sentidos deste adjectivo.



Em português, há algum fenómeno especial com os advérbios em -mente quando vão seguidos numa frase (ou com uma conjunção no meio)? Tanto em espanhol como em catalão há um comportamento curioso, em que algum dos advérbios perde o -mente: Simple y llanamente (em espanhol, se há dois ou mais, só o último fica "completo"); Exclusivament i principal (em catalão, não é obrigatório mas, se acontece, só o último fica sem o -mente). Li que o francês e o italiano mantêm sempre o -mente. E em português?
Na coordenação de advérbios terminados em -mente, é muito usual o apagamento do sufixo -mente no primeiro advérbio (ex.: esta situação é pura e simplesmente absurda; ele é directa e indirectamente responsável por esta situação; alguns professores contribuem discreta, mas poderosamente para a formação da matriz cultural dos alunos), ou em todos menos no último, no caso de coordenações com mais do que dois (ex.: respondera leviana, mal-educada e grosseiramente). Note-se que nos casos de advérbios resultantes de adjectivos graficamente acentuados, a forma com -mente não tem acento gráfico (ex.: ele é fisicamente atraente) mas na coordenação de advérbios o advérbio reduzido retoma a forma acentuada do adjectivo (ex.: o atleta está física e mentalmente confiante).
Este procedimento, apesar de ser muito habitual e recomendado por muitas gramáticas, não é obrigatório e não invalida a coordenação de advérbios sem qualquer elisão dos sufixos (ex.: normalmente, as listas eleitorais são inteiramente ou maioritariamente compostas por cidadãos nacionais).

O fenómeno de apagamento em estruturas de coordenação não é exclusivo da coordenação de advérbios em -mente, mas acontece também em palavras com alguns prefixos ou elementos de composição prefixais (ex.: deixou de pré ou pós-datar os cheques; os alunos farão auto e heteroavaliação), embora com aceitação menos consensual. Sobre este assunto, poderá consultar o artigo "Quando meia palavra basta: Apagamento de palavras fonológicas em estruturas coordenadas", de Marina VIGÁRIO, in Ivo Castro e Inês Duarte (org.) Razões e Emoção. Miscelânea de estudos em homenagem a Maria Helena Mira Mateus. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, pp. 415-435 (versão disponível em http://labfon.letras.ulisboa.pt/SonseMelodias/Vigario2003.pdf).

pub

Palavra do dia

pa·ra·de·ar pa·ra·de·ar


(parada + -ear)
verbo transitivo

1. Dispor em parada.

verbo intransitivo

2. [Brasil: Rio Grande do Sul]   [Brasil: Rio Grande do Sul]  Alardear valentias falsas ou exageradas; mostrar-se fanfarrão ou presunçoso. = FANFARREAR, FANFARRONAR, POMADEAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bafos [consultado em 26-11-2022]