Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

armasse

1ª pess. sing. pret. imperf. conj. de armararmar
3ª pess. sing. pret. imperf. conj. de armararmar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ar·mar ar·mar

- ConjugarConjugar

(latim armo, -are)
verbo transitivo

1. Prover de armas.

2. Prover do necessário para se defender.

3. Preparar para a guerra.

4. Preparar (para servir a determinado fim).

5. Deixar aparelho ou dispositivo pronto para funcionar (ex.: armar um mecanismo).DESARMAR

6. Aparelhar.

7. Pôr, dispor.

8. Alistar, equipar.

9. Maquinar; traçar.

10. Fortalecer.

11. Pôr armação em.

12. Acautelar.

13. [Portugal: Beira]   [Portugal: Beira]  Cuquear, cornear.

verbo intransitivo

14. [Marinha]   [Marinha]  Ter mastreação e velame.

15. Dispor armadilha. = QUADRAR

16. Fazer preparativos de guerra.

verbo pronominal

17. Abastecer-se de armas. = MUNIR-SE

18. Preparar-se para determinado acontecimento ou para determinada acção. = PRECAVER-SE, PREMUNIR-SE

19. Querer aparentar o que não é (ex.: ele gosta de se armar em conhecedor). = FINGIR-SE

Confrontar: aramar.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "armasse" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

pôde para não permitir que a Argentina se armasse ..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

...pois como a Rita diz, " teria toda a minha atenção se não se armasse em macho latino"..

Em MINHA P

Foste como quem me armasse uma emboscada ao sentir-me desatento dando aquilo em que me dei foste como quem...

Em o hálito azul da tarde

...que não estava previsto ou não lhe terá agradado levou a que a moça armasse um pequeno escândalo mas sem fazer aquilo que seria óbvio e que era participar...

Em Depois Falamos

que cada um armasse o respectivo "burro" de lona e pés de madeira, e se cobrisse com uma...

Em DOTeCOMe...o Blog
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Posso utilizar a expressão e/ou em um texto formal? Se não, como escrevê-la? Posso escrever e ou ou e, ou?
As palavras e e ou são conjunções coordenativas, isto é, relacionam termos que podem ter a mesma função na frase (ex.: vou comprar umas calças azuis e brancas; vou comprar umas calças azuis ou brancas), sendo que a conjunção e indica adição (ex.: calças azuis e brancas) e a conjunção ou indica alternativa (ex.: calças azuis ou brancas).

A expressão e/ou é utilizada para exprimir de maneira económica e clara três hipóteses, duas delas contidas numa alternativa (uma coisa ou outra) e a outra contida numa adição (uma coisa e outra). Por exemplo, numa frase como todos os utilizadores têm o direito de rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais, o texto destacado indica que é possível 1) a rectificação dos seus dados pessoais, 2) a eliminação dos seus dados pessoais, 3) a rectificação dos seus dados pessoais e a eliminação dos seus dados pessoais. Os pontos 1) e 2) estão contidos na alternativa com ou e o ponto 3) está contido na adição com e.

Não há qualquer motivo para a não utilização desta expressão num texto formal. A barra indica opcionalidade entre o e e o ou: rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais = rectificação e eliminação dos seus dados pessoais / rectificação ou eliminação dos seus dados pessoais.




No site de um amigo, este emprega o vocábulo vigiliatura. Por convicção sugeri que corrigisse para vilegiatura, tal como consta no Dicionário On-Line. Respondeu-me, agradecendo, que o termo está correcto. Perante a dúvida, muito grato fico se puderem esclarecer-me.
A palavra vigiliatura não se encontra registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados. Não sabemos em que contexto foi empregue essa palavra, mas se tiver sido utilizada no sentido “temporada de recreio ou veraneio” a forma correcta a utilizar deverá ser vilegiatura e não vigiliatura.

Ao realizarmos pesquisas em corpora e motores de busca da internet, encontrámos algumas ocorrências de vigiliatura no sentido de “vigília”, forma que, apesar de pouco corrente, é aceitável, pois decorre da aposição do sufixo -tura (elemento de formação pouco produtivo no português contemporâneo) ao substantivo vigília. No entanto, visto que vigília é a forma consagrada pelo uso e pelo registo lexicográfico, o uso de vigiliatura, vocábulo menos generalizado e passível de equívocos como o que motivou a sua dúvida, parece-nos desaconselhado.

pub

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta


([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/armasse [consultado em 26-01-2022]