PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

isco

isso | pron. dem. | adv. | interj.

Essa coisa; essas coisas....


arrelhada | n. f.

Instrumento comprido, com uma extremidade metálica semelhante a uma espátula, usado para arrancar das rochas percebes ou vermes destinados a isco....


corrico | n. m.

Modalidade de pesca para capturar peixes predadores, que consiste no lançamento de uma amostra que é puxada à tona da água para que o peixe seja atraído pelos seus movimentos e morda o isco artificial (ex.: pesca ao corrico)....


isca | n. f. | interj.

Alimento que se põe no anzol, para atrair o peixe....


isco | n. m.

Engodo do anzol....


morraca | n. f.

Isco de trapos (para acender lume)....


petinga | n. f.

Peixe miúdo de que os pescadores se servem geralmente para isco....


murjona | n. f.

Artefacto de forma esférica, feito de voltas de verga, de arame ou de aço inoxidável entrelaçadas, dotado de um orifício superior aberto e de outro inferior fechado e em cujo fundo se coloca o isco para apanhar peixes e polvos....


muregona | n. f.

Artefacto de forma esférica, feito de voltas de verga, de arame ou de aço inoxidável entrelaçadas, dotado de um orifício superior aberto e de outro inferior fechado e em cujo fundo se coloca o isco para apanhar peixes e polvos....


arrilhada | n. f.

Instrumento comprido, com uma extremidade metálica semelhante a uma espátula, usado para arrancar das rochas percebes ou vermes destinados a isco....


corripo | n. m.

Modalidade de pesca para capturar peixes predadores, que consiste no lançamento de uma amostra que é puxada à tona da água para que o peixe seja atraído pelos seus movimentos e morda o isco artificial....


murejona | n. f.

Artefacto de forma esférica, feito de voltas de verga, de arame ou de aço inoxidável entrelaçadas, dotado de um orifício superior aberto e de outro inferior fechado e em cujo fundo se coloca o isco para apanhar peixes e polvos....


picar | v. tr. e pron. | v. tr. | v. tr. e intr. | v. intr. | v. pron.

Morder o engodo (ex.: o peixe não picou o isco; fico à espera que o peixe pique)....


verdemã | n. m.

Designação dada a vários peixes pequenos de água doce do género Cobitis, da família dos cobitídeos (ex.: foi proibido o uso de verdemã como isco vivo)....


-isco | suf.

Indica valor diminutivo (ex.: pedrisco; sardanisca)....


massa | n. f. | adj. 2 g. | n. f. pl.

Farinha diluída num líquido, formando pasta....




Dúvidas linguísticas



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.



Numa frase em que se queira dizer para não continuar ou não voltar a ser escravo/servo de algo ou alguém, está correto "não sirvamos mais o.." ou "não sirvamos mais ao..."? Que opção está correta e porquê?
De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ou com o Novo Dicionário Aurélio, o verbo servir, nas acepções “trabalhar como servo”, “fazer de criado” ou “prestar serviços ou trabalhar como empregado”, pode ser transitivo indirecto, isto é, selecciona argumentos iniciados por preposição (ex.: deixou de servir àquela família), transitivo directo, isto é, selecciona objectos directos não iniciados por preposição (ex.: serviu a família durante 20 anos) e intransitivo, isto é, admite construções sem complemento nominal (ex.: ele estava ali para servir). Assim sendo, ambas as construções que refere podem ser consideradas correctas.

Ver todas