PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

incidir

difracção | n. f.

Desvio dos raios luminosos ao incidirem sobre um corpo opaco....


IVA | n. m.

Imposto geral que incide sobre o consumo de bens e serviços, em taxas variáveis e nas várias fases do circuito económico....


Qualidade do que é aterogénico (ex.: a pesquisa incide sobre os indicadores de aterogenicidade de dietas a partir dos conteúdos energéticos)....


bolina | n. f.

Cabo que manobra a vela para que o vento incida melhor nela....


incidente | adj. 2 g. | n. m.

Que incide....


gravame | n. m.

O que incide como ónus ou peso nos interesses económicos do indivíduo ou da colectividade....


Relação entre o fluxo de radiação que incide numa superfície e o fluxo de radiação que é reflectido....


cateto | n. m.

Cada um dos lados do triângulo rectângulo unidos pela hipotenusa....


fumagem | n. f.

Imposto que incidia nas casas em que se acendesse lume....


maçarico | n. m.

Aparelho com um tubo pelo qual sai uma chama que se faz incidir sobre a peça que se quer soldar ou derreter....


horeca | adj. 2 g. 2 núm. n. m.

Diz-se de ou área de actividade económica relativa aos hotéis, restaurantes e cafés (ex.: as vendas para o sector horeca aumentaram; o acordo incide sobre o horeca e o comércio retalhista)....


directo | adj. | n. m. | adv.

Cuja direcção é recta....


abajur | n. m.

Reflector ou armação revestida que faz incidir a luz num outro plano ou lhe quebra a intensidade....


guarda-luz | n. m.

Reflector que faz incidir a luz num outro inferior....


descambar | v. intr. | v. tr.

Derivar, incidir, redundar....




Dúvidas linguísticas



Em palavras como emagrecer e engordar as terminações -er e -ar são sufixos ou desinências verbais de infinitivo? Se são o último caso, essas palavras não podem ser consideradas derivações parassintéticas...ou podem?
As terminações verbais -er e -ar são compostas pela junção de -e- (vogal temática da 2.ª conjugação) ou -a- (vogal temática da 1.ª conjugação), respectivamente, à desinência de infinitivo -r. Destas duas terminações, apenas -ar corresponde a um sufixo, pois no português actual usa-se -ar para formar novos verbos a partir de outras palavras, normalmente de adjectivos ou de substantivos, mas não se usa -er. Apesar de os sufixos de verbalização serem sobretudo da primeira conjugação (ex.: -ear em sortear, -ejar em relampaguejar, -izar em modernizar, -icar em adocicar, -entar em aviventar), há alguns sufixos verbais da segunda conjugação, como -ecer. Este sufixo não entra na formação do verbo emagrecer, mas entra na etimologia de outros verbos formados por sufixação (ex.: escurecer, favorecer, fortalecer, obscurecer, robustecer, vermelhecer) ou por prefixação e sufixação simultâneas (ex.: abastecer, abolorecer, amadurecer, empobrecer, engrandecer, esclarecer).

Dos verbos que menciona, apenas engordar pode ser claramente considerado derivação parassintética, uma vez que resulta de prefixação e sufixação simultâneas: en- + gord(o) + -ar. O verbo emagrecer deriva do latim emacrescere e não da aposição de prefixo e sufixo ao adjectivo magro.




Gostava de saber o significado da palavra trolls.
A palavra troll é de origem nórdica e chegou ao português através do inglês, mas não se encontra averbada nos dicionários de língua portuguesa por nós consultados.

No folclore escandinavo, os trolls são criaturas imaginárias, tão comuns nas histórias infantis como as bruxas. De estatura variável (anões ou gigantes), os trolls são seres geralmente malignos, feios ou estúpidos, que habitam em grutas ou florestas e se transformam em pedra quando expostos aos raios solares. Fora da mitologia escandinava, os trolls foram popularizados na ficção pelo escritor britânico J. R. R. Tolkien.

Pesquisas em motores de busca da Internet revelam que as formas aportuguesadas trol e trole (com o plural tróis e troles, respectivamente) têm já algumas ocorrências, designando, para além da criatura imaginária, uma pessoa pouco inteligente (ex.: Não perceberam nada, cambada de troles!) ou um indivíduo que coloca mensagens ou comentários provocadores, maldosos ou violentos em páginas de discussão pública on-line, com intuito desestabilizador (ex.: Naquele blogue há muitos comentários de um trol malcriado).


Ver todas