PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

cavalaria

alfario | adj.

Diz-se do cavalo que brinca, saltando e rinchando....


Diz-se do cavalo que é manso sem ter sido montado....


amartelado | adj.

Diz-se da frente do cavalo quando é deprimida....


andantesco | adj.

Da cavalaria andante ou a ela relativo....


apuava | adj. 2 g.

Diz-se do cavalo espantado ou pouco dócil....


asseadaço | adj.

Muito asseado ou brioso (falando-se do cavalo)....


asseado | adj.

Que não tem manchas, limpo....


atavanado | adj.

Diz-se do cavalo preto ou escuro, com pintas brancas nas ancas ou nas espáduas....


azulego | adj.

Diz-se do cavalo mesclado de preto e branco que, de longe, parece azul....


argel | adj. 2 g.

Diz-se do cavalo que tem malha branca no pé....


Diz-se do cavalo que tem esbranquiçadas as ventas e a parte inferior da cabeça....


boquimole | adj. 2 g.

Diz-se do cavalo que é brando da boca....


cabreado | adj.

Diz-se do cavalo empinado....


cebruno | adj.

Diz-se do cavalo escuro....


descopado | adj.

Diz-se do cavalo que, visto de lado, é mal aprumado das mãos....


desbocado | adj.

Que não obedece ao freio, desenfreado (cavalo)....




Dúvidas linguísticas



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




As palavras Malanje, Uíje, Cassanje, etc., levam a letra g ou j ?
Os topónimos angolanos referidos deverão ortografar-se correctamente nas formas Malanje, je e Caçanje (esta última grafia corresponde também ao nome comum caçanje).

É esta a grafia registada nas principais obras de referência para o português europeu, nomeadamente no Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida Editora, 1947) e no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Âncora Editora, 2001). Apesar disso, é esmagadora a ocorrência de grafias alternativas como *Malange, *Uíge, *Cassange ou *Cassanje (o asterisco indica incorrecção, de acordo com as obras de referência para a ortografia e com a tradição lexicográfica).

É de referir que com o Acordo Ortográfico de 1990 (nomeadamente na Base III) não há qualquer alteração a este respeito.


Ver todas