Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "camarço" nas definições

camarço | n. m.
    Antiga expressão usada no jogo dos centos....

Dúvidas linguísticas


Se se pode dizer que o verbo ser indica uma qualidade ou um estado permanente (ex. Ele é muito doente, O mar é salgado), enquanto o verbo estar indica uma qualidade ou um estado temporário ou pontual (ex. Ele está muito doente, O mar está calmo); qual é o uso de ser e estar em situações geográficas? Devo usar o verbo ser para dizer A escola é atrás da farmácia ou A escola está atrás da farmácia?
Na expressão de localizações geográficas deverão ser usados os verbos ser (ex.: a escola é atrás da farmácia) ou ficar (ex.: a escola fica atrás da farmácia), atendendo à estabilidade ou imobilidade dessa localização. Quando se trata de seres ou coisas móveis, a localização poderá ser feita com o verbo estar (ex.: a carrinha está em frente à porta).

Assim, reiterando o que foi dito nas respostas ser e estar e ser ou estar, o verbo ser implica qualidade ou situação que não depende de determinada(s) circunstância(s), ao contrário de estar, que implica uma eventualidade conhecida do falante.




Na escrita de uma carta, é comum o uso da expressão "Olá João,", seja qual for o nome. A questão que coloco é: não deveria "Olá" estar separado de "João "por uma vírgula? Do ponto de vista gramatical, João não funciona como um vocativo? Há outras expressões como "Querido João, " que as pessoas usam para justificar a primeira, mas a relação de Querido e Olá para com o substantivo é diferente e justifica a meu ver uma diferença no uso da vírgula. Podiam esclarecer não somente com a frequência do uso das expressões, mas com uma interpretação da função do símbolo "," como identificador de uma transição pré e pós vírgula?
Na expressão "olá, João", o nome João corresponde de facto ao vocativo, pois introduz uma interpelação ou chamamento, e deve estar separado da interjeição olá por uma vírgula.

Na interpelação querido João, não estamos perante uma expressão com a mesma estrutura, uma vez que querido é adjectivo que qualifica o nome próprio do qual não deverá ser separado por vírgula. Este adjectivo fará também parte do vocativo se for usado com uma interjeição como olá (ex.: olá, querido João).

Palavra do dia

clo·ro·se |ró|clo·ro·se |ró|


(francês chlorose)
nome feminino

1. [Botânica]   [Botânica]  Amarelecimento ou branqueamento patológico das folhas ou de outros tecidos normalmente verdes de uma planta, geralmente por deficiência de nutrição (ex.: clorose matizada).

2. [Medicina]   [Medicina]  Anemia que atinge geralmente mulheres jovens, caracterizada por uma palidez amarelada ou esverdeada e excessiva fraqueza, associada a perturbações menstruais. = CLOREMIA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/camar%C3%A7o [consultado em 29-11-2022]