Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

-fico

fico-fico- | elem. de comp.
-fico-fico | elem. de comp.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

fico- fico-


(grego fûkos, -eos, -ous, alga)
elemento de composição

Exprime a noção de alga (ex.: ficologia).


-fico -fico


(latim facio, -ere, fazer)
elemento de composição

Elemento átono que exprime a noção de fazer (ex.: odorífico).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "-fico" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

De: António Barreto Se é verdade que a democracia erige o povo em soberano, em princípio organizador da comunidade, também é verdade que tal génese não permite acreditar que, neste regime, quem manda é a política, que a política se sobrepõe ao direito, à cultura, à economia, à religião e à arte. Na verdade, no respeito

Em A RODA

Retrato de Sisley feito por Renoir em 1874 Alfred Sisley ( Paris , 30 de outubro de 1839 - Moret-sur-Loing , 29 de janeiro de 1899 ) foi um pintor francês de ascendência e nacionalidade britânica . Sisley nasceu em Paris, filho de pais ingleses, tendo estudado comércio em Londres antes de entrar para a escola de Gleyre

Em Geopedrados

Anos atrás, num programa da televisão holandesa, Maurice de Hond, especialista das previsões eleitorais, anunciava a sua intenção de se abster de votar, e a necessidade que de, para manifestarem a sua vontade, os cidadãos venham a possuir instrumentos mais eficientes do que o voto. Emocionado, argumentava a impotência

Em TEMPO CONTADO

O RSJ está de olho nos volumes de alguns reservatórios no RN. Confira os dados atualizados: Armando Ribeiro Gonçalves: 1,088 bilhão de metros cúbicos45,85% Mendubim (Assú): 34,45 milhões de metros cúbicos44,39% Pataxó (Ipanguaçu): 3,1 milhões de metros cúbicos20,64% Beldroega (Paraú): 3,22 milhões de metros cúbicos

Em www.blogrsj.com

Jorge Jesus recebeu uma proposta de um clube da Arábia Saudita e, segundo o jornal Record apurou, está inclinado a aceitar e regressar ao ativo após a saída do Benfica, em dezembro, na sequência da derrota (0-3) com o FC Porto para a Taça de Portugal. Os encarnados seguem com atenção este processo que, caso o técnico

Em Fora-de-jogo
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de tirar uma dúvida sobre a grafia da cidade marroquina de Marraqueche. Gostaria ainda de saber se está correcto escrever assim sem antepor artigos a todos estes países: ...designadamente França, Itália, Espanha, Malta...
A grafia do topónimo marroquino deveria ser, segundo Rebelo Gonçalves no Vocabulário da Língua Portuguesa de 1966, Marráquexe, mantendo a acentuação esdrúxula da língua de origem. Podemos no entanto verificar, através de pesquisas em corpora e motores de busca, que esta forma é muito pouco usada em português, sendo a forma Marraquexe muito mais usual (esta acentuação grave é considerada por alguns um galicismo, mas na verdade aproxima-se também da acentuação mais regular do português).

Em relação ao uso de artigo antes de certos topónimos, ela é discutível e é difícil encontrar critérios coerentes que a regulem, mas em enumerações como a que refere é muito normal não haver utilização de artigo (ex.: Diversos países assinaram o acordo, designadamente França, Itália, Espanha e Malta). Noutros contextos, as gramáticas são pouco claras, pois é difícil estabelecer critérios exaustivos. Os países referidos, porém, surgem frequentemente na lista de topónimos que no português de Portugal dispensam artigo (ex.: Ele está em França; Foi a Malta nas férias) ao contrário de outros que o exigem (ex.: Ele está no Brasil; Foi à Argentina nas férias).




Gostaria que me informassem se se diz "à última da hora" ou "à última hora".
A locução adverbial à última hora é considerada usualmente como a expressão correcta para significar "no último momento possível" ou "quando se pensava já não ser possível", em detrimento da locução à última da hora, considerada incorrecta por alguns autores, apesar de o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências registar ambas as locuções: à última hora no verbete hora; à última da hora nos verbetes hora e último.
O principal argumento utilizado para considerar a primeira mais correcta do que a segunda é o facto de, em à última hora, o adjectivo último estar a qualificar o substantivo hora, no sentido de "que vem depois de todos". Em à última da hora, a palavra última corresponde a um substantivo, que habitualmente não é registado nos dicionários com este significado. No entanto, o substantivo última tem, nesta locução, um significado que se aproxima daquele que é usado (e dicionarizado) no substantivo plural últimas, usado em expressões como nas últimas ou às últimas. Sob este ponto de vista, a locução à última da hora é parafraseável por “nos últimos momentos da hora” ou “no limite da hora” e, assim sendo, o seu uso não pode ser condenado.
À semelhança do substantivo última, há um conjunto considerável de palavras que se empregam quase exclusivamente em locuções mais ou menos fixas, o que não lhes retira correcção. São os casos, por exemplo, do adjectivo alhas, em palhas alhas; do substantivo arrecuas, em às arrecuas; ou dos substantivos comes e bebes, na locução comes e bebes, entre muitos outros.

pub

Palavra do dia

su·ma·ca su·ma·ca


(neerlandês smak)
nome feminino

[Náutica]   [Náutica]  Embarcação rasa e ligeira, de dois mastros, usada especialmente na América do Sul (ex.: sumacas de cabotagem fluvial).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/-fico [consultado em 29-01-2022]