Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

-eco

-eco-eco | suf.
ecoeco | n. m.
ecoeco | n. f.
eco-eco- | elem. de comp.
eco-eco- | elem. de comp.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

-eco |é|-eco |é|


(origem pré-romana)
sufixo

Forma diminutivos, geralmente pejorativos (ex.: estudanteco, livreco, tribuneca).


e·co |é|e·co |é|1


(latim echo, -us)
nome masculino

1. Repetição de um som reenviado por um corpo duro.

2. Som assim repetido.

3. Som pouco claro. = RUMOR

4. Imitação ou repetição de palavras ou actos.

5. [Figurado]   [Figurado]  Pessoa que, quando fala, só repete o que outrem disse.

6. Notícia pouco clara ou sem fundamento. = BOATO, RUMOR

7. Recordação ou vestígio. = MEMÓRIA

8. Corrente de simpatia; bom acolhimento. = ADESÃO

9. [Física]   [Física]  Reflexão de uma onda electromagnética ou de radiofrequência.

10. [Linguagem poética]   [Linguagem poética]   [Versificação]   [Versificação]  Composição em que se repete a última parte do último verso.

Confrontar: ecu.

e·co |é|e·co |é|2


(redução de ecografia)
nome feminino

[Informal]   [Informal]   [Medicina]   [Medicina]  Ecografia.


eco- eco- 1


(grego oíkos, -ou, casa, habitação, bens)
elemento de composição

1. Exprime a noção de casa ou domicílio.

2. Exprime a noção de meio ambiente ou de ecologia (ex.: ecoansiedade; ecocentro).



eco- eco- 2


(latim echo, -us)
elemento de composição

Exprime a noção de eco ou ressonância (ex.: ecografia).


pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "-eco" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

O escritor Salman Rushdie foi atacado"> ontem em durante uma palestra em Chautauqua, a seis horas de Nova York. Hushdie vinha escapando desde de 1989, quando o teocrata Ayatollah Khomeini pediu a morte do escritor.

Em Leituras do Dia

Ver esta publicação no Instagram Uma publicação partilhada por @BenficaOlímpico (@benficaolimpico) Resultado histórico, do Diogo Ribeiro nos Europeus de Natação, com um Bronze nos 50m Mariposa! E poucos minutos depois, nos 100m Livres, fez o 9.º tempo nas Meias-finais, falhando a Final por milésimos! Estamos perante um

Em O INDEFECTÍVEL

Foto:Reuters Reuters Karim Benzema e Thibaut Courtois, do Real Madrid, e Kevin De Bruyne, do Manchester City, estão na disputa pelo prêmio de melhor jogador do ano da Uefa na temporada 2021-22, após liderarem uma lista de 15 jogadores, disse o órgão regulador do futebol europeu nesta sexta-feira. O vencedor será anunciado

Em Caderno B

EFEMÉRIDENiuno Ferrer, de seu nome completo Nino Agostino Arturo Maria Ferrari, cantor, compositor, actor e pintor franco-italiano, morreu em Montcuq no dia 13 de Agosto de 1998. Nascera em Génova, em 15 de Agosto de 1934. Filho de um engenheiro, Nino Ferrer passou a infância na Nova Caledónia, onde o pai trabalhava

Em TopaTudo

Embora tenha um pai - Neil Gaiman - tanto os quadrinhos quanto a série Sandman têm suas dívidas com muitos criadores pregressos cuja contribuição é reconhecida no crédito de cada episódio. A maior influência em peso não aparece nos créditos, pois Alan Moore não quer seu nome em nenhuma adaptação audiovisual do seu trabalho

Em Leituras do Dia
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual a correta grafia: sub-bosque ou subosque?
O prefixo sub- deve ser seguido de hífen quando o elemento seguinte se inicia por b, uma vez que se trata da mesma consoante por que termina o prefixo, como prevê o Acordo Ortográfico de 1945 (para o português de Portugal). O Formulário Ortográfico de 1943 (para o português do Brasil) não tem este contexto previsto no uso do hífen, mas o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP) da Academia Brasileira de Letras regista esta forma e outras com a sequência sub-b...; a par disto, é de referir que também as formas subosque e sobosque estão registadas no VOLP, depreendendo-se a sua origem nas formas prefixais su- e so-, respectivamente, equivalentes a sub- e sob-, mas de contexto ortográfico diferente (daí o facto de não serem formas hifenizadas).

Este contexto ortográfico não sofre alteração com a aplicação do novo Acordo Ortográfico de 1990, pois, apesar de o texto do Acordo ser omisso neste ponto (cf. Base XVI), a "Nota Explicativa" anexa ao referido texto prevê o uso do hífen: "6.3 - O hífen nas formas derivadas (base XVI) [...] a) Emprega-se o hífen quando o segundo elemento da formação começa por h ou pela mesma vogal ou consoante com que termina o prefixo ou pseudoprefixo (por exemplo: anti-higiénico, contra-almirante, hiper-resistente) [...]" (sublinhado nosso).

Por este motivo, pode dizer-se que a forma sub-bosque está correcta, bem como as formas sobosque ou subosque, apesar de estas duas últimas preverem o uso de prefixos equivalentes a sob- ou sub-, que serão menos consensuais (o prefixo su- com este sentido não se encontra registado em nenhuma obra lexicográfica por nós consultada).




Depois de ter consultado várias gramáticas, prontuários e dicionários, não consigo tirar duas dúvidas de conjugações verbais:
1ª - Está correcto escrever-se "Já passava das duas da manhã quando aquele grupo de jovens se encontraram perto do restaurante."?
2ª - Está correcto escrever-se "Eles representam diversas correntes de opinião e devem exprimirem-se com liberdade."?
Não me soa bem e como vem escrito num local que eu pensava estar acima de qualquer suspeita, precisava "desesperadamente"; que me tirassem estas duas dúvidas.

Na frase Já passava das duas da manhã quando aquele grupo de jovens se encontraram perto do restaurante existe uma locução (aquele grupo de jovens) que corresponde a um sujeito da oração subordinada (quando aquele grupo de jovens se encontraram perto do restaurante) com uma estrutura complexa. Nesta locução, o núcleo do sintagma é grupo, e é com este substantivo que deve concordar o verbo encontrar. Desta forma, a frase correcta seria Já passava das duas da manhã quando aquele grupo de jovens se encontrou perto do restaurante.

Na frase Eles representam diversas correntes de opinião e devem exprimirem-se com liberdade há o uso incorrecto de um infinitivo pessoal (forma flexionada do infinitivo, ex.: exprimirem-se). O infinitivo pessoal de uma oração infinitiva completiva carece de sujeito próprio diferente do da oração principal (por exemplo na frase: A mãe pediu para eles não correrem no jardim, o sujeito da oração principal é A mãe e o sujeito da oração infinitiva completiva é eles). Em estruturas construídas com verbo auxiliar ou semiauxilar e verbo principal (ex. devem exprimir-se) deve ser utilizado o infinitivo impessoal (forma não flexionada, ex.: exprimir), pois essas estruturas correspondem apenas a uma oração com um só sujeito (eles devem exprimir-se) e a flexão verbal já está no verbo auxiliar ou semiauxiliar (devem). É este o caso da frase que nos colocou como dúvida, logo, a frase correcta será Eles representam diversas correntes de opinião e devem exprimir-se com liberdade. Abaixo encontram-se dois outros exemplos de estruturas semelhantes:

Em vez de: *Os bandidos que assaltaram o banco começaram a correrem.

Escreva-se: Os bandidos que assaltaram o banco começaram a correr.

Em vez de: *Há a possibilidade de as pessoas poderem copiarem os programas.

Escreva-se: Há a possibilidade de as pessoas poderem copiar os programas.


pub

Palavra do dia

qui·ro·po·dis·ta qui·ro·po·dis·ta


(quiropodia + -ista)
nome de dois géneros

Especialista em quiropodia ou no tratamento das doenças e dos problemas dos pés.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/-eco [consultado em 17-08-2022]