Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

vos

Palavra não encontrada (na norma europeia, na grafia pré-Acordo Ortográfico).

Será que queria dizer?

vos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VOS (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
vós (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VÓS (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
vôs (norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VÔS (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)

Outras sugestões:
avós (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
avôs (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
ovos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
OVOS (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
vãos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VÃOS (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
você (norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
voos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
vôos (norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VOX (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
voz (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VOZ (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
vus (norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
VUS (norma brasileira, na grafia pós-Acordo Ortográfico)

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


Minha dúvida é a seguinte: Quando eu digo que vou emprestar algo (vou-te emprestar minha camiseta, por exemplo), essa frase está errada? E quando digo que vou emprestar algo de alguém (vou emprestar sua camiseta, por exemplo)? Queria saber se ambas as frases estão corretas, se são ambíguas ou algo do gênero ou se o verbo emprestar tem um jeito certo de ser usado.
O verbo emprestar é transitivo directo e pode significar “transferir ou dar temporariamente alguma coisa”, não necessariamente uma coisa possuída por quem empresta (neste sentido, vou-te emprestar a minha camisa significa vou ceder-te a minha camisa temporariamente e vou emprestar a sua camisa significa vou ceder temporariamente a sua camisa a outra pessoa). No português do Brasil, o verbo emprestar pode significar também “pedir temporariamente uma coisa a outrem” (neste sentido, vou emprestar a sua camisa significa vou pedir temporariamente a sua camisa). Por este motivo, ambas as frases estão correctas, podendo a segunda ser ambígua no português do Brasil.



Gostaria que me confirmasse se devo dizer o cônjuge quando se trata do homem e a cônjuge quando se trata da mulher ou é correcto dizer sempre o cônjuge.
A palavra cônjuge é um substantivo sobrecomum, isto é, tem um só género gramatical: é masculina mas designa indivíduos de ambos os sexos. Por essa razão, deverá dizer-se o cônjuge independentemente do sexo do membro do casal a que se está a referir.

Palavra do dia

eins·têi·ni·o eins·têi·ni·o


([Albert] Einstein, antropónimo [físico alemão] + -io)
nome masculino

[Química]   [Química]  Elemento químico artificial (símbolo: Es), de número atómico 99. = EINSTÉNIO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/vos [consultado em 18-04-2021]