PT
BR
Pesquisar
Definições



vinco

A forma vincopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de vincarvincar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
vincovinco
( vin·co

vin·co

)


nome masculino

1. Marca deixada por uma dobra.

2. Sulco ou vestígio deixado por uma pancada, pela passagem de uma roda, por um cordão, que se apertou em volta de um corpo, por uma unhada, etc. = VERGÃO

3. Anel de metal que se enfia no focinho dos porcos para não fossarem. = ARGANEL, ARGANÉU

4. Primeira camada, imediata à côdea inferior da broa, quando esta sai do forno mal cozida.

5. [Portugal: Estremadura] [Portugal: Estremadura] Quantidade de azeitona que a moenda leva de cada vez.

etimologiaOrigem etimológica:origem obscura.
vincarvincar
( vin·car

vin·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fazer vincos ou dobras em. = ENRUGAR

2. Deixar claro ou evidente (ex.: quis vincar bem a sua posição).

etimologiaOrigem etimológica:vinco + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "vinco" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Minha dúvida é: Por que passei a vida estudando que o correto é falar para eu fazer, para eu comer, e etc., se a frase É fácil para mim estudar não está errada? Podem explicar essa última frase.
De facto, nos contextos exemplificados com duas orações na resposta para eu/para mim (ex.: isto é para eu fazer), deverá ser usado o pronome sujeito, pois na oração para eu fazer, o pronome desempenha essa função de sujeito. No caso do exemplo É fácil para mim estudar, o contexto é semelhante àquele referido na resposta pronomes pessoais rectos e oblíquos, em que o pronome não desempenha a função de sujeito, pois esta frase pode ser decomposta em Estudar [sujeito] é fácil [predicado] para mim [adjunto adverbial de interesse].



Tenho dúvidas quanto à sintaxe da palavra aquando. Deve escrever-se aquando a guerra ou aquando da guerra?
A palavra aquando tem uso quase exclusivo na locução prepositiva aquando de (ex.: contraiu a doença aquando de uma viagem). Menos frequentemente, pode surgir como sinónimo de quando como conjunção temporal (ex.: a guerra começou aquando houve a invasão) ou advérbio interrogativo (ex.: aquando começou a guerra?). Por este motivo, deverá escrever aquando da guerra.