PT
BR
Pesquisar
Definições



vazio

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
vaziovazio
( va·zi·o

va·zi·o

)


adjectivoadjetivo

1. Que não encerra nada ou só ar.CHEIO

2. Que contém algo em pequena quantidade.ABUNDANTE, CHEIO

3. Cujo conteúdo foi retirado. = DESPEJADO

4. Que não é habitado ou frequentado. = DESABITADO, DESPOVOADO, ERMOCHEIO, POVOADO

5. Que tem falta de algo. = CARENTE, DESPROVIDO, DESTITUÍDOCHEIO

6. Que tem preocupações ou interesses de pouca utilidade ou importância. = FRÍVOLO, FÚTIL, LEVIANO, OCOGRAVE, SÉRIO


nome masculino

7. O espaço vazio. = VÁCUO, VÃOCHEIO

8. Ausência de conteúdo. = OCO, VÃO

9. Sentimento de ausência ou de perda.

10. Nome vulgar do hipocôndrio.

11. Parte da perna dianteira do boi junto à barriga, abaixo da pá.

12. [Portugal: Trás-os-Montes] [Portugal: Trás-os-Montes] Carneiro novo, já castrado.

vazios


nome masculino plural

13. [Veterinária] [Veterinária] Ilhargas (de cavalgadura); flancos.


cabeça vazia

Sem ideias.

coração vazio

Sem afeições.

vistoSuperlativo: vaziíssimo.
etimologiaOrigem etimológica:latim vacivus, -a, -um.
iconSuperlativo: vaziíssimo.

Auxiliares de tradução

Traduzir "vazio" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




"O Sporting colou-se hoje a FC Porto e Benfica na liderança da Superliga portuguesa." Sendo que o correcto seria "O Sporting colou-se hoje ao FC Porto e ao Benfica”, a primeira hipótese poderá também estar correcta?
As regras que regem o emprego ou a omissão de artigos com nomes próprios nem sempre são óbvias, deixando espaço para incertezas, como se depreende da consulta de qualquer compêndio gramatical sobre este assunto (veja-se, por exemplo, a Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998: pp. 214-242).

A frase que refere poderia estar correcta como eventual título de jornal (onde a omissão de artigos e verbos é frequente: Sporting, FC Porto e Benfica na liderança da Superliga portuguesa), sobretudo se o clube desportivo mencionado no início da frase também não fosse precedido de artigo: Sporting colou-se hoje a FC Porto e Benfica na liderança da Superliga portuguesa. Tal como é apresentada, com Sporting precedido de artigo, ao contrário de Porto e Benfica, a frase causa alguma estranheza, sendo preferível indicar todos os artigos: O Sporting colou-se hoje ao FC Porto e ao Benfica na liderança da Superliga portuguesa.