Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

tortas

fem. pl. de tortotorto
fem. pl. de tortatorta
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tor·to |ô|tor·to |ô|


(latim tortus, -a, -um)
adjectivo
adjetivo

1. Que não está em linha recta. = TORCIDO, TORTUOSO

2. Que está oblíquo, inclinado, flectido ou empenado.

3. Que não tem a forma ou a posição normal ou natural.

4. [Informal]   [Informal]  Que tem estrabismo (ex.: olhos tortos). = ESTRÁBICO, VESGO

5. [Informal]   [Informal]  Que falta ao respeito, age com má educação ou de forma inconveniente. = GROSSEIRO, DESRESPEITOSO, MALCRIADO, MAL-EDUCADO

6. [Informal]   [Informal]  Que é teimoso, irascível ou provocador; que gosta de fazer pirraças.

7. [Informal]   [Informal]  Que não mostra lealdade; que não mostra bom carácter. = DESLEAL, INJUSTO

8. [Informal]   [Informal]  Que ingeriu demasiada bebida alcoólica. = BÊBEDO, ÉBRIO, EMBRIAGADOSÓBRIO

advérbio

9. Com desrespeito, má educação ou de forma inconveniente (ex.: ela respondeu torto à mãe). = MAL

nome masculino

10. [Antigo]   [Antigo]  Ofensa; dano.


a torto e a direito
À toa, às cegas, para todos os lados, irreflectidamente.

Plural: tortos |ó|.Plural: tortos |ó|.

tor·ta tor·ta


(latim torta, -ae, bolo chato)
nome feminino

1. [Culinária]   [Culinária]  Bolo, salgado ou doce, enrolado com recheio (de carne, peixe, fruta, compota, etc.). [Equivalente no português do Brasil: garibáldi, rocambole.]Ver imagem

2. [Brasil]   [Brasil]   [Culinária]   [Culinária]  Prato com uma base larga de massa, geralmente redonda, guarnecida com uma mistura de ingredientes e levada ao forno. (Equivalente no português de Portugal: tarte.)Ver imagem

3. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Estado de embriaguez. = BEBEDEIRA

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...perfume existe Qualquer coisa que lembra folhas mortas, sombras de pôr de sol, árvores tortas , pela rua calada em que recortas tua silhueta extravagante e triste..

Em Geopedrados

Hoje, quando as retas andam tortas e o previsilvezinho se tornou improvável só penso que o desejável é ter sombra,...

Em Viva a Poesia

Algumas resultam mais tempo, outras nascem já tortas – e, proverbialmente, jamais se endireitam..

Em daniel abrunheiro

Hoje, vejo na realidade, quando as coisas andam tortas , que o previsivelzinho se tornou improvável e que o certo, o desejável é...

Em Viva a Poesia

...anda errada Que já deixei mil furos mil mancadas Talvez esteja andando em linhas tortas Mas por enquanto eu vou te amando É o que me importa Mas você...

Em blog0news
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual o significado e origem da locução latina "et al", e como deve ser lida?
A abreviatura et al., redução da expressão latina et alii que significa literalmente “e outros”, é usada em referências bibliográficas para indicar que uma obra tem outros autores para além dos que são explicitamente nomeados (ex.: Maria Helena Mira MATEUS et al., Gramática da Língua Portuguesa, Lisboa: Editorial Caminho, 5.ª ed., 2003; Maria Helena Mira MATEUS, Ana Maria BRITO, Inês DUARTE, Isabel Hub FARIA et al., Gramática da Língua Portuguesa, Lisboa: Editorial Caminho, 5.ª ed., 2003; refira-se que a obra citada tem 9 autores).
A leitura desta abreviatura deve corresponder à forma por extenso (et alii), dado que às abreviaturas não corresponde uma leitura abreviada, mas a leitura daquilo que representam (por exemplo, à 5.ª ed. corresponderá a leitura quinta edição).




A palavra vigilidade, que tem origem na palavra vígil, tem suscitado alguma controvérsia na área em que estou envolvido. É um termo que é utilizado nalguns trabalhos de psicologia e por algumas instituições nacionais ligadas aos medicamentos (ex: INFARMED). No entanto, não encontrei a palavra nos dicionários que consultei, inclusivamente o da Priberam. Alternativamente a palavra utililizada é vigilância. Assim, gostaria de saber a vossa opinião sobre este assunto.
Também não encontrámos a palavra vigilidade registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados. No entanto, este neologismo respeita as regras de boa formação da língua portuguesa, pela adjunção do sufixo -idade ao adjectivo vígil, à semelhança de outros pares análogos (ex.: dúctil/ductilidade, eréctil/erectilidade, versátil/versatilidade). O sufixo -idade é muito produtivo na língua para formar substantivos abstractos, exprimindo frequentemente a qualidade do adjectivo de que derivam.

Neste caso, existem já os substantivos vigília e vigilância para designar a qualidade do que é vígil, o que poderá explicar a ausência de registo lexicográfico de vigilidade. Como se trata, em ambos os casos, de palavras polissémicas, o uso do neologismo parece explicar-se pela necessidade de especialização no campo da medicina, psicologia e ciências afins, mesmo se nesses campos os outros dois termos (mas principalmente vigília, que surge muitas vezes como sinónimo de estado vígil) têm ampla divulgação.

pub

Palavra do dia

pa·ra·lip·se pa·ra·lip·se


(grego paráleipsis, -eos, negligência, esquecimento, omissão)
nome feminino

[Retórica]   [Retórica]  Figura de retórica pela qual se fixa a atenção num assunto ou objecto, fingindo não se ocupar dele. = PRETERIÇÃO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tortas [consultado em 29-07-2021]