Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

tinta-roriz

tinta-roriztinta-roriz | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tin·ta·-ro·riz tin·ta·-ro·riz


(tinta + Roriz, topónimo ou antropónimo)
nome feminino

[Viticultura]   [Viticultura]  Casta de uva tinta. = ARAGONÊS

Plural: tintas-rorizes.Plural: tintas-rorizes.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Azul de Ventozelo 2018 Anuncia incorporar touriga franca, tinta roriz e touriga nacional. Esperava-se, portanto um Douro, moderno, vigoroso, frutado e taninoso. Nada disso: é um vinho mais para o elegante e ligeiro, leve e descomprometido, para que não procura sofisticação nem grande complexidade

Em Que tal o vinho ?

apreciar em toda a sua plenitude. Pareço um enólogo, mas apenas aprecio o vinho e pouco mais sei, para além da sua história e tipologia. Por falar nisso, aqui ficam os tipos de Vinho do Porto Tinto: As cinco principais cepas utilizadas atualmente na produção de vinhos do Porto tintos são: Tinta Roriz

Em MADE IN PORTUGAL

Douro Rui Roboredo Madeira Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz 14,5 % Natural, algo fissurada, molhada apenas na base 9,65 € (Continente; Preço promocional) Intensidade média de cor, granada. Nariz intenso, frutado doce, balsâmico, barrica bem integrada, agradável e apelativo. Corpo médio

Em O Vinho em Folha

Douro Aliança Vinhos de Portugal Tinta Roriz , Touriga Nacional, Touriga Franca 13 % 100% aglomerado, molhada apenas na base 3,99 € (Jumbo; Preço promocional) Média intensidade de cor. Nariz intenso e perfumado, com fruta madura e especiarias a formar um todo agradável. Corpo médio, equilibrado

Em O Vinho em Folha

Douro João Russo Monteiro | Quinta da Fonte Nova Tinta Roriz , Tinta Barroca, Touriga Franca, Touriga Nacional 14 % Natural, bom estado, molhada apenas na base 2,24 € (Pingo Doce; Preço promocional) Média intensidade de cor, com rebordo violáceo. Aroma muito intenso, jovem e perfumado, pleno de

Em O Vinho em Folha
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


No âmbito do meu trabalho surgiu-me uma dúvida na aplicação do Novo Acordo Ortográfico. Agradecia que me ajudassem. Segundo as regras a palavra “Egipto” deveria manter-se como tal pois o “p” sempre se leu, correto? A minha dúvida é que há vários meios de comunicação a falar “Egito” mas depois mantêm palavras com “Egípcios”, etc. Outra possibilidade é que na palavra em questão seja aceite a dupla grafia, mas mesmo assim seria o mais correto mantermos o “Egipto”, não?
A alínea b) do ponto 1.º da Base IV do Acordo Ortográfico de 1990 refere explicitamente o topónimo Egipto como uma das palavras em que o p se elimina porque “o c, com valor de oclusiva velar, das sequências interiores cc (segundo c com valor de sibilante), e ct, e o p das sequências interiores pc (c com valor de sibilante), e pt” se eliminam “nos casos em que são invariavelmente mudos nas pronúncias cultas da língua: ação, acionar, afetivo, aflição, aflito, ato, coleção, coletivo, direção, diretor, exato, objeção; adoção, adotar, batizar, Egito, ótimo” (o destaque é nosso).

Assim sendo, Egipto deverá passar a ser grafado Egito, porque o Acordo Ortográfico considera que o p dessa palavra nunca se pronuncia, ainda que seja notória a oscilação entre a pronúncia e o emudecimento dessa letra entre os falantes do português europeu. Uma vez que o p de egípcio e das suas flexões (egípcios, egípcia, egípcias) é sempre pronunciado, nestes casos não há alteração de grafia, ainda que possa parecer que se institui uma contradição entre a grafia do nome do país (Egito) e a do seu gentílico (egípcio).

A "Nota Explicativa" (ponto 4.3 – Incongruências aparentes) relativa à Base IV tenta justificar a divergência ortográfica entre estas palavras, afirmando que “a aplicação do princípio, baseado no critério da pronúncia, de que as consoantes c e p em certas sequências consonânticas se suprimem, quando não articuladas, conduz a algumas incongruências aparentes [...] De facto, baseando-se a conservação ou supressão daquelas consoantes no critério da pronúncia, o que não faria sentido era mantê-las, em certos casos, por razões de parentesco lexical”.




Tenho dúvidas como se escreve: a gerente administrativa ou a gerente administrativo. Qual a forma correta?
A palavra gerente é invariável em género, mas os adjectivos e determinantes que a modificam devem flexionar tendo em conta o sexo da pessoa a que se referem. Assim, deverá escrever o gerente administrativo e a gerente administrativa.
pub

Palavra do dia

ja·ca·çu ja·ca·çu


(de origem tupi)
nome masculino

[Brasil]   [Brasil]   [Ornitologia]   [Ornitologia]  Ave columbiforme (Patagioenas picazuro) da família dos columbídeos, encontrada na América do Sul. = POMBA-ASA-BRANCA

Confrontar: jacuaçu.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tinta-roriz [consultado em 11-08-2022]