Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

tão-balalão

tão-balalãotão-balalão | interj. | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tão·-ba·la·lão tão·-ba·la·lão


(origem onomatopaica)
interjeição

1. Expressão imitativa do som do sino. = BALALÃO, DLIM, TLIM

nome masculino

2. Som do sino que badala. = BADALADA

3. [Popular]   [Popular]  Movimento de oscilação. = BALANÇO, VAIVÉM

Plural: tão-balalões.Plural: tão-balalões.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Compêndio de lengalengas, rimas e cantilenas portuguesas do século XVI ao século XX. Tão balalão Cabeça de cão Orelhas de gato Não tem coração “O que é uma lengalenga?” Poderão alguns perguntar. Ora, bem, uma lengalenga é uma cantilena, uma rima ou um texto curto, na qual se repetem determinadas

Em pdflivros.blogs.sapo.pt

pequeno exemplo, à 3 anos quando fui pela primeira vez, levaram a minha irmã, palco a dentro, agarrada pelos pés e mãos (assim como se faz o tão balalão às crianças) e pediram-lhe que corresse e gritasse até ao lugar dela, este ano pensei que me escapava (pois sentei-me umas cadeiras atrás) mas não saí de

Em laprincipessa-sofia.blogs.sapo.pt

estás a fazer o tão-balalão ?… Portanto, eu estava a embalar a minha irmã e, de repente, ela vai para trás com força e bate com a cabeça no chão, começa a gritar e eu vou a correr, pego em algumas bonecas e finjo que está tudo bem. O meu pai chega e pergunta o que é que se está a passar e eu: “Ai que

Em ritapereiraportugal

Tão , badalão, Cabeça de cão. Toca no sino. Chama o sacristão. Tão , balalão , Agarra o ladrão, Menina bonita Não tem coração. Tão , balalão , Senhor capitão, Espada na cinta Sineta na mão. Tão , balalão , Cabeça de cão Cozido e assado No meu caldeirão. Tão , balalão , Senhor Capitão Orelha de porco Pra

Em picodavigia2.blogs.sapo.pt

aquela musiquinha que todos os pais cantam aos filhos quando estes estão no baloiço: " Tão balalão , cabeça de cão, orelhas de gato, não tem coração. nem voz, nem talento orelhas de gato, cabeça de vento. Pescoço de bruxa, rabo de macaco" ( O video aqui ) Talvez não seja uma música, mas sim uma lenga

Em sarainwonderland.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




Qual o plural de "cor de laranja"?
A locução cor de laranja pode ser usada como adjectivo ou como substantivo masculino, como pode verificar no Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa.

Como adjectivo, a locução não flexiona, sendo usada a mesma forma para o masculino e para o feminino, tanto no singular como no plural (ex.: casaco cor de laranja; blusa cor de laranja; sandálias cor de laranja; sapatos cor de laranja).

Como substantivo masculino (ex.: o cor de laranja fica-lhe bem), a locução admite a forma plural cores de laranja (ex.: era grande a diversidade de cores de laranja).

A explicação acima aplica-se também ao substantivo cor-de-rosa (hifenizado com ou sem a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990), que não admite flexão como adjectivo (ex.: fitas cor-de-rosa), mas flexiona como substantivo (ex.: o artigo existe em vários cores-de-rosa diferentes). No entanto, é de referir que os dicionários e vocabulários brasileiros consultados consagram a classificação de substantivo masculino de dois números para cor-de-rosa, o que quer dizer que no Brasil o substantivo é invariável (ex.: o artigo existe em vários cor-de-rosa diferentes). A mesma lógica poderá ser aplicada à locução cor de laranja no português do Brasil.

pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/t%C3%A3o-balal%C3%A3o [consultado em 21-10-2021]