PT
BR
Pesquisar
Definições



sarrabiscar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
sarrabiscarsarrabiscar
( sar·ra·bis·car

sar·ra·bis·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos ou gatafunhos. = GARATUJAR, GATAFUNHAR, RABISCAR

etimologiaOrigem etimológica:sarrabisco + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "sarrabiscar" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Porque é que há uma insistência tão grande em dizer deslargar, destrocar, etc? Há alguma razão que eu desconheça? Na minha modesta opinião estas palavras são insultos à nossa bela língua portuguesa. Estarei certa?
O prefixo des-, para além de exprimir as noções de afastamento (ex.: desabafar, deslocar), negação ou privação (ex.: desacordar, desagradável), cessação (ex.: desimpedir, desacelerar) ou separação (ex.: descascar, desfolhar), é também utilizado na língua portuguesa como partícula de reforço. Assim, poderá encontrar em dicionários de português palavras como desabalar, destrocar ou desinquieto, registadas devido à sua frequência, apesar de serem geralmente aceitáveis apenas em contextos mais informais e na oralidade. O falante deverá sempre adequar a utilização destas palavras ao nível de língua apropriado.

Existem outros prefixos na língua com esta função de reforço. São os chamados prefixos protéticos, porque não acrescentam valores semânticos às palavras às quais se apõem (ex.: amostrar, assoprar).




Em algumas das situações abaixo podemos deixar de colocar crase?
1) o evento será das 8 h as 10 h; 2) o evento será de 8 às 10 h.
A minha dúvida é em função de já ter visto em curso de Português que, quando se usa a contração da preposição de mais o artigo a, não se usa crase na frase citada como exemplo.
No exemplo referido, a opção correcta deverá ser o evento será das 8h às 10h.
Se a frase fosse *o evento será das 8h as 10h (o asterisco é sinal de agramaticalidade) não haveria a delimitação do fim do evento introduzida pela preposição a, por contraponto à delimitação do início com a preposição de. Isto parece ser mais óbvio num exemplo com um intervalo temporal sem o uso de artigos definidos (o, a, os, as), em que ficará mais clara a necessidade do uso das preposições de e a em correlação (ex.: o evento durará de Janeiro a Fevereiro; o evento durará cerca de 2 a 3 horas).