Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

roseira-do-japão

roseira-do-japãoroseira-do-japão | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ro·sei·ra·-do·-ja·pão ro·sei·ra·-do·-ja·pão


nome feminino

[Botânica]   [Botânica]  Arbusto ornamental (Camellia japonica), da família das teáceas, de folhas ovais e lustrosas e flores geralmente de cor vermelha, rosa ou branca.Ver imagem = CAMÉLIA, ROSA-DO-JAPÃO

Plural: roseiras-do-japão.Plural: roseiras-do-japão.
pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

na HIPSNICA NON EXISTIII estranhos estes qve sendo o que poe a um a dizer HOMEEEEEEEE e no dedido da luzinha e voa pelas bicles das criancinhas se lembra do nos mandar ao pasto e no da MISSION a ver seriam LIAM SERIA O LINDO IRONS E O DO OVTRO LADO se se ENTENDIAM quem seria advinha e sendo qve no

Em Tears of Heaven

E NO JAPÃO - AS KANJI - FUNCIONAM COMO - DIGITA E A ANALOGICA E UM MESMO "KANJI" PODE TER - TANTO SIGIFICADO - EM SI COMO NO CONTEXTO DA MENSAGEM QUE IMPLICA- a linguagem - desse CANNON - implica UNIVERSALIDADE e não RESTRIÇÃO amestria do ser que coloca o que tanto ama - a luz da vida sendo verdade

Em Tears of Heaven

roseira brava lá no te v cimo aind abem cresce e se pensas óh areola de sol e lvar a par sendo olha a esfera do sol e da lva asim jazendo vês apeneda ovtra vês ov ov vês ovar em verso ov ver bar lo vento a dar drieto a poisar ali se fvdamento ov vês barcelos por acaso de negro ov ves as chaves do faria se

Em Tears of Heaven

saber sabemos qu as águas quel vemos qual vénus amor renascida estrela e chama do oeste a que porta a chama da vida e dá luz e esperança aos que caminhava quando a terra termina e o mundo do mar imenso começava PELO NOME O CONHECERÁS MIRIAM - O SEU AFIM E ANCESTRAL - "A BEM AMADA" - JÁ TE DÁ UMA

Em Tears of Heaven

concertos para editar um disco ao vivo no Japão ”. A fadista “irá também interpretar um tema em japonês dedicado à mãe do compositor Daisaku Ikeda”. Este tema é um pedido da Fundação Min-on, instituída por Ikeda, e que convidou a fadista para esta digressão. Da cidade de Kasaoka, a criadora de "Rota das

Em fmsimoes.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se a vossa ferramenta FLiP pode corrigir palavras com especificação de gênero, sugerindo palavras que não especificam gênero masculino ou feminino. Por exemplo, a correção de "menino" para "menine", para ser neutro.
O FLiP (Ferramentas para a Língua Portuguesa) oferece verificação e sugestões de correcção em casos de concordâncias de género, número e pessoa. No entanto, no caso especificado não se trata de um erro de concordância, mas de uma tomada de posição sociopolítica que, por opção individual, se reflecte linguisticamente, e que os correctores ortográficos, sintácticos e estilísticos não incorporam por não se tratar de prática generalizada pelos falantes e escreventes do português nem estar consignada pelos instrumentos legais que dispõem sobre a ortografia da língua portuguesa.
Adicionalmente, deve referir-se que, em português, o género gramatical não corresponde sempre ao sexo da entidade referente. Além disso, a língua portuguesa, tal como é usada pelos falantes e descrita pelas gramáticas, não tem género neutro, sendo o género em português uma categoria morfossintáctica dos nomes que admite apenas dois valores (feminino e masculino).

Em geral, quando associado a um nome animado, o género aplica-se a entidades de sexo masculino ou feminino, mas a oposição de género masculino/feminino não se limita a esta distinção, havendo, principalmente nos nomes inanimados, convenções linguísticas que não têm nenhum referente relacionado com o sexo (ex.: o frasco , a garrafa). Para além disso, os nomes epicenos (ex.: elefante [fêmea/macho]) e os nomes sobrecomuns (ex.: o cônjuge; a vítima), apesar de terem um valor único de género, podem designar entidades de sexo feminino ou masculino.
Os nomes de dois géneros (ou nomes comuns de dois), quando a mesma forma se pode aplicar ao género feminino e ao masculino, são ambíguos quanto ao género, mas o contexto sintáctico geralmente resolve essa ambiguidade (ex.: a/o estudante aplicada/o). A oposição de género reflecte-se ainda na referência ou substituição por um pronome, na concordância com modificadores (adjectivos, por exemplo) ou na presença de sufixos ou desinências.

A alteração de menino ou menina para *menine, *meninx, *menin@ ou outro tipo de soluções gráficas sem marcação de género não seria propriamente uma correcção, pois do ponto de vista ortográfico essas seriam consideradas formas erradas, uma vez que a ortografia é a parte da língua mais convencional e a única sujeita a textos legais. A alteração para desinências sem marcação explícita de género é uma opção individual do utilizador da língua, que o corrector automático não pode aplicar à generalidade dos usuários nas frases típicas alvo de correcção.




Tenho, há algum tempo, uma "discussão" com uma amiga relativamente à palavra "espilro". Eu digo que esta palavra existe há muito, muito tempo, ao passo que a minha amiga diz que só passou a existir segundo o novo acordo ortográfico. Podem ajudar a esclarecer-nos?
Não encontrámos uma datação para a palavra espilro, mas esta palavra (e o verbo de que deriva regressivamente, espilrar), provém de uma epêntese em espirro (espirro > espilro) e não terá com certeza surgido como consequência do novo Acordo Ortográfico. Rebelo Gonçalves, no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966) regista espilrar e espilro, afirmando que se trata de um registo popular. Idêntica informação é fornecida pelo Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.
pub

Palavra do dia

vi·trí·o·lo vi·trí·o·lo


(latim tardio vitriolum, do latim vitrum, -i, vidro)
nome masculino

[Antigo]   [Antigo]   [Química]   [Química]  Nome vulgar do ácido sulfúrico e de alguns sulfatos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/roseira-do-jap%C3%A3o [consultado em 26-09-2022]