Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
res furtivares furtiva | loc.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

res furtiva
(locução latina)
locução

[Direito]   [Direito]  A coisa furtada (ex.: entregou a res furtiva a um comparsa, que a retirou do local do delito).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "res furtiva" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Quando se estuda a nomenclatura das substâncias químicas orgânicas, usam-se os prefixos et-, met-, prop- e but- para definir ou restringir certas características de tais substâncias. De onde vieram esses prefixos? Seriam latinos? Quais seriam os significados originais ou literais deles?
Os elementos de composição prefixais que refere resultam de reduções de palavras, normalmente de origem grega, mas frequentemente com influência latina.

But- é redução de butírico, que por sua vez deriva do grego boúturon, "manteiga", através do latim butyrum, como outras palavras que contêm o elemento butir-. Et- é redução de éter, que tem origem no grego aithêr "céu", pelo latim aether. Met- é redução de metilo, que tem origem no grego méthu, “vinho” e em húle,”madeira”. Em relação a prop-, trata-se de uma redução de propiónico, derivado do grego pró, "diante de", "antes" e de píon "gordo".




É correto dizer: "A Sra. Eliana foi indicada para assumir o cargo de conselheiro, para o Conselho Fiscal da Empresa V."? A dúvida está em saber se o substantivo "conselheiro" irá variar conforme o sexo da pessoa, ou este não flexiona por estar se referindo à palavra "cargo".
O substantivo conselheiro flexiona em género dependendo do sexo da pessoa a que se refere (ex.: o conselheiro Acácio; a conselheira Eliana), como poderá verificar realizando uma pesquisa em corpora ou em motores de pesquisa da Internet e consultando dicionários como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que registam na própria entrada do verbete as flexões em género possíveis para cada classificação ou acepção.

No entanto, quando este substantivo é antecedido de expressões como cargo de pode ser entendido como a abstracção da função e assumir o género não marcado (que é em português o masculino singular). Por este motivo, estará correcta e justificada qualquer das seguintes opções: A Sra. Eliana foi indicada para assumir o cargo de conselheiro ou A Sra. Eliana foi indicada para assumir o cargo de conselheira.

pub

Palavra do dia

xer·ga |ê| xer·ga |ê|
(latim serica, -orum, tecidos ou vestidos de seda)
substantivo feminino

1. [Antigo]   [Antigo]  Tecido grosseiro de lã. = BUREL, ESTAMENHA

2. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Manta grosseira em que se transporta a palha trilhada das eiras.

3. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Manta que se estende debaixo das oliveiras quando se vareja a azeitona.

4. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Espécie de colchão de palha. = ENXERGA

5. [Brasil]   [Brasil]  Espécie de almofada que se põe por baixo da albarda das bestas.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/res%20furtiva [consultado em 17-08-2019]