PT
BR
Pesquisar
Definições



requisito

A forma requisitopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de requisitarrequisitar], [adjectivoadjetivo] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
requisitorequisito
( re·qui·si·to

re·qui·si·to

)


nome masculino

1. Coisa necessária e indispensável.

2. Condição indispensável; exigência.


adjectivoadjetivo

3. Requerido; requisitado.

requisitarrequisitar
( re·qui·si·tar

re·qui·si·tar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Pedir ou requerer algo ou alguém de modo oficial ou formal (ex.: requisitar serviços especializados; requisitar um funcionário).

2. Solicitar alguma coisa, geralmente de forma temporária (ex.: requisitou dois livros na biblioteca).

3. Exigir.

etimologiaOrigem etimológica:latim vulgar *requaesitare, do latim vulgar requaero, -ere, do latim requiro, -ere, procurar, rebuscar, buscar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "requisito" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como é a grafia correta das palavras horti-fruti e tutti-frutti?
A palavra hortifrúti é um regionalismo brasileiro e corresponde à redução do adjectivo hortifrutigranjeiro, ou seja, “que é relativo a produtos da horta, do pomar ou da granja”. Esta palavra está atestada no Dicionário Houaiss e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e deve ser acentuada graficamente no u, pois termina em i e, se não fosse acentuada, ler-se-ia *hortifrutí (o asterisco indica incorrecção).

Tutti frutti é uma locução italiana (não uma palavra hifenizada) que desempenha função substantiva (ex.: gelado de tutti frutti) ou adjectiva (ex.: sumo tutti frutti); significa literalmente “todos os frutos” e designa uma mistura de vários frutos ou de vários aromas de frutos.




Porque diagnostica não tem acento?
As palavras diagnostica e diagnóstica são designadas por homógrafos imperfeitos, isto é, palavras cuja grafia se diferencia apenas pela acentuação gráfica, mas que têm pronúncia e significado diferente.
Sem acento gráfico, a palavra diagnostica corresponde a uma forma do verbo diagnosticar (ex.: ele diagnostica a doença de forma clara); como tal, segue a regra geral de acentuação das formas verbais na terceira pessoa do presente do indicativo (à semelhança outras formas verbais com amplifica, fica ou multiplica). Trata-se de uma palavra grave, sem qualquer contexto que justifique a sua acentuação gráfica.
Com acento gráfico, a palavra diagnóstica é esdrúxula e corresponde à forma feminina do adjectivo diagnóstico (ex.: avaliação diagnóstica, observação diagnóstica).