Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
quizacaquizaca | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

qui·za·ca qui·za·ca
(do quimbundo kizaka)
substantivo feminino

1. [Angola]   [Angola]  Folha de mandioca.

2. [Angola]   [Angola]   [Culinária]   [Culinária]  Prato feito com folhas de mandioca pisadas, cozidas e refogadas em óleo de palma. = MATAMBA

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Quando se estuda a nomenclatura das substâncias químicas orgânicas, usam-se os prefixos et-, met-, prop- e but- para definir ou restringir certas características de tais substâncias. De onde vieram esses prefixos? Seriam latinos? Quais seriam os significados originais ou literais deles?
Os elementos de composição prefixais que refere resultam de reduções de palavras, normalmente de origem grega, mas frequentemente com influência latina.

But- é redução de butírico, que por sua vez deriva do grego boúturon, "manteiga", através do latim butyrum, como outras palavras que contêm o elemento butir-. Et- é redução de éter, que tem origem no grego aithêr "céu", pelo latim aether. Met- é redução de metilo, que tem origem no grego méthu, “vinho” e em húle,”madeira”. Em relação a prop-, trata-se de uma redução de propiónico, derivado do grego pró, "diante de", "antes" e de píon "gordo".




Como se deve escrever, no meio de um texto: Estados-Membros ou Estados-membros (estando a ser referidos, por exemplo, os países que integram a UE)? Escrever-se-á Vice-Presidente ou Vice-presidente?
O uso das maiúsculas está previsto pelos documentos legais que regulam a ortografia do português (o Acordo Ortográfico de 1990, ou, anteriormente, o Acordo Ortográfico de 1945, para o português europeu, e o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil).

Os textos legais não prevêem explicitamente o uso das maiúsculas para palavras hifenizadas (ex.: vice-presidente, estado-membro). No entanto, nesses textos há exemplos (ex.: Albergaria-a-Velha, Acordo Luso-Brasileiro, Grã-Bretanha) e observações (ex.: referência ao uso de minúscula inicial para partículas monossilábicas no interior de vocábulos compostos ou de expressões que têm iniciais maiúsculas) em que se deduz, por analogia, que nesses casos as várias partes da palavra hifenizada deverão ter maiúsculas (ex.: Vice-Presidente, Estado-Membro), excepto se se tratarem de artigos definidos, contraídos ou não, ou de outros monossílabos gramaticais (ex.: Trás-os-Montes).

É de salientar ainda que se um nome comum hifenizado tiver de ser maiusculizado por estar em início de frase (e não pela decisão do utilizador de usar maiúsculas), apenas a primeira letra da palavra hifenizada deverá estar em maiúscula (ex.: Estado-membro denuncia acordo).

pub

Palavra do dia

xer·ga |ê| xer·ga |ê|
(latim serica, -orum, tecidos ou vestidos de seda)
substantivo feminino

1. [Antigo]   [Antigo]  Tecido grosseiro de lã. = BUREL, ESTAMENHA

2. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Manta grosseira em que se transporta a palha trilhada das eiras.

3. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Manta que se estende debaixo das oliveiras quando se vareja a azeitona.

4. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Espécie de colchão de palha. = ENXERGA

5. [Brasil]   [Brasil]  Espécie de almofada que se põe por baixo da albarda das bestas.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/quizaca [consultado em 17-08-2019]