Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

quivi

quiviquivi | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

qui·vi qui·vi


(inglês kiwi, do maori)
nome masculino

1. [Botânica]   [Botânica]  Fruto tropical, de origem neozelandesa, de formato oval, cor castanha e casca pilosa, de polpa comestível, geralmente verde, de sabor agridoce e com pequenas sementes pretas.Ver imagem

2. [Botânica]   [Botânica]  Arbusto que produz esse fruto.Ver imagem

3. [Ornitologia]   [Ornitologia]  Ave endémica da Nova Zelândia, não voadora e de hábitos nocturnos.


SinónimoSinônimo Geral: QUIUÍ

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "quivi" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

MAIS RECEITAS DE BOLOS INVERTIDOS DE FRUTA: Bolo invertido de quivi e chocolate Bolo invertido de ameixas Bolo invertido de figos

Em www.lumebrando.com

...de clementina Bolo de citrinos e passas com glacê de limão Bolo invertido de quivi Bolo chiffon de limão

Em www.lumebrando.com

"Lara, depois do arroz vais querer comer quivi , ou outra coisa??

Em www.vinilepurpurina.com

...de clementina Bolo de citrinos e passas com glacê de limão Bolo invertido de quivi Bolo chiffon de limão

Em www.lumebrando.com

...MAIS BOLOS INVERTIDOS COM FRUTA: Bolo de chocolate branco e framboesas Bolo invertido de quivi e chocolate Bolo invertido de ameixas

Em www.lumebrando.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é o diminutivo da palavra foto? Esse diminutivo é masculino ou feminino?
A adjunção de sufixos diminutivos não altera as propriedades morfossintácticas do derivante, que são herdadas pelo derivado. Assim, por exemplo, os sufixos -inho e -zinho alteram apenas a informação semântica (o juízo de valor que se faz sobre a forma de base a que se juntam), mantendo a mesma categoria sintáctica e o mesmo género do derivante: quando se associam a um adjectivo geram um adjectivo (moderno/a - moderninho/a - modernozinho/a), quando se associam a um nome geram um nome (papel - papelinho - papelzinho) e quando se associam a um advérbio geram um advérbio (devagar - devagarinho - devagarzinho).

Tradicionalmente, os sufixos -inho e -zinho são considerados o mesmo, sendo a consoante -z- encarada como um elemento de ligação, pelo que a forma -zinho é tida como uma variante de -inho. No entanto, o seu emprego é distinto, já que se associam a diferentes formas de base, o que faz deles mais do que meras variantes. O sufixo -inho associa-se a radicais, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um livro - um livrinho; uma caneta - uma canetinha; um pijama - um pijaminha; uma tribo - uma tribinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um sabonete - um sabonetinho; uma semente - uma sementinha; um anel - um anelinho; uma espiral - uma espiralinha). O sufixo -zinho associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma caneta - uma canetazinha; um pijama - um pijamazinho; uma tribo - uma tribozinha; um sabonete - um sabonetezinho; uma semente - uma sementezinha; um anel - um anelzinho; uma espiral - uma espiralzinha). O mesmo é válido para os sufixos -ito e -zito.

Posto isto, o substantivo feminino foto (redução de fotografia) pode apresentar vários diminutivos, consoante os sufixos usados, sendo todos femininos: uma foto - uma fotinho, uma fotozinha, uma fotito, uma fotozita. Não há muitos substantivos femininos terminados em -o (para além de foto e tribo, a lista inclui expo (redução de exposição), imago, libido, moto, virago e pouco mais) e o seu uso no grau diminutivo não é dos mais frequentes, o que justifica as hesitações e, por vezes, as incorrecções de alguns falantes.




Das cidades portuguesas, apenas duas são referidas com artigo definido: o Porto e a Guarda. Mais nenhuma leva artigo. Porquê?
Deverá consultar, sobre este assunto, a resposta topónimos com e sem artigos. Devemos, no entanto, acrescentar que, além da Guarda e do Porto, há outros topónimos de cidades portuguesas que são também habitualmente usados com artigo, tratando-se normalmente de topónimos com origem em substantivos comuns. São os casos, por exemplo, da Amadora, do Barreiro, das Caldas da Rainha, do Cartaxo, do Funchal, da Horta, da Maia, da Marinha Grande, da Régua ou do Seixal.
pub

Palavra do dia

per·ca·li·na per·ca·li·na


(francês percaline)
nome feminino

Tecido de algodão, leve e lustroso, empregado sobretudo em forros e em encadernações de livros.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/quivi [consultado em 20-01-2022]