Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

puto

putoputo | n. m. | pron. indef. | adj. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pu·to pu·to


(latim putus, -i, menino, rapazinho)
nome masculino

1. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Criança ou jovem do sexo masculino. = GAROTO, MENINO, MIÚDO, RAPAZ

2. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Filho.

3. [Brasil, Informal, Depreciativo]   [Brasil, Informal, Depreciativo]  Homem homossexual.

4. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Homem libertino ou devasso. = SACANA

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Homem velhaco. = SACANA

6. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Dinheiro, tostão, vintém (ex.: não pode ir de férias, porque não tem um puto).

pronome indefinido

7. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Coisa nenhuma (ex.: não percebi puto). = NADA

adjectivo masculino
adjetivo masculino

8. [Informal]   [Informal]  Muito zangado (ex.: estou puto da vida). = FULO, FURIOSO

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "puto" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

O puto ontem redimiu-se e aqui lhe deixo a minha vénia

Em Don Vivo

sacana do puto é mole como melaço..

Em Don Vivo

(o tipo não é para brincadeiras) vai querer um PUTO depois..

Em Coluna D'Águias Gloriosas

Ninguém consegue ficar puto com a mesma pessoa por tanto tempo..

Em blog0news

Ah, esquecia-me, eu sou aquele puto bonito do meio

Em Movimento Apartid
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Ao consultar terebentina fui surpreendido com a variante terebintina. Qual é a soletração certa?
Ambas as grafias terebintina e terebentina são possíveis e estão registadas, por exemplo, no Grande Dicionário da Língua Portuguesa (12 vol., Porto: Amigos do Livro Editores, 1981) e no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001).

A grafia terebintina está mais próxima do étimo latino (terebinthus = terebinto), razão pela qual alguns dicionários optaram pela sua inclusão em detrimento de terebentina, que está mais próxima do vocábulo francês (térébenthine). Pesquisas em corpora e em motores de busca na Internet revelam uma maior tendência dos falantes para o uso de terebintina, o que parece confirmar a opção dos dicionários.




A minha dúvida reside na utilização do verbo recepcionar e da palavra recepcionado. Estas palavras existem, ou por outro lado deve ser usada a frase "acusámos a recepção de"?
O verbo recepcionar surge em alguns dicionários de língua portuguesa com os sentidos “promover recepção, festa” (ex.: Gostavam de recepcionar em casa) e “acolher com deferência” (ex.: Foram recepcionar o presidente no aeroporto), como regista o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002).
Pesquisas em corpora e em motores de pesquisa da Internet revelam que o verbo recepcionar vem sendo também usado com os sentidos “acusar recepção de correspondência” (ex.: O funcionário perguntou se eu tinha recepcionado a carta registada) e “fazer recepção de bola” (ex.: O jogador recepcionou a bola e rematou).
Alguns gramáticos (e alguns falantes) insurgem-se contra estes novos usos do verbo recepcionar em detrimento de receber, admitindo apenas os dois primeiros sentidos mencionados acima, por se ligarem semanticamente a recepção (“reunião festiva”). Mas esse argumento é questionável, já que os novos usos também se ligam a recepção (“acto de receber”) e que o verbo receber também contempla os dois primeiros sentidos, como se pode ver pelas seguintes substituições: Gostavam de receber em casa; Foram receber o presidente no aeroporto; O funcionário perguntou se eu tinha recebido a carta registada; O jogador recebeu a bola e rematou. O que estas substituições demonstram é que tanto recepcionar quanto receber podem ser usados nestes contextos sem perda de informação, podendo por isso ser considerados sinónimos. Os mais puristas irão reclamar da intromissão destes novos sentidos de recepcionar, outros irão continuar a usá-los, produzindo assim material linguístico que será averbado pelos dicionários que descrevem a língua; a cada falante compete a escolha, consoante as suas preferências e sensibilidades linguísticas.

pub

Palavra do dia

si·na·lag·má·ti·co si·na·lag·má·ti·co


(grego sunallagmatikós, -ê, -ón, relativo a contrato)
adjectivo
adjetivo

[Jurídico, Jurisprudência]   [Jurídico, Jurisprudência]  Que liga mutuamente dois contraentes (ex.: contrato sinalagmático; relação sinalagmática). = BILATERAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/puto [consultado em 23-05-2022]