PT
BR
Pesquisar
Definições



privatização

A forma privatizaçãopode ser [derivação feminino singular de privatizarprivatizar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
privatizaçãoprivatização
( pri·va·ti·za·ção

pri·va·ti·za·ção

)


nome feminino

1. Acto ou efeito de privatizar.

2. Processo de passagem para uma empresa privada de bem ou empresa que era estatal.

sinonimo ou antonimoAntónimoAntônimo geral: ESTATIZAÇÃO, NACIONALIZAÇÃO

etimologiaOrigem etimológica:privatizar + -ção.
privatizarprivatizar
( pri·va·ti·zar

pri·va·ti·zar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Passar para domínio de empresa privada o que era do poder do Estado; proceder à privatização.ESTATIZAR, NACIONALIZAR

etimologiaOrigem etimológica:latim privatus, -a, -um, privado + -izar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "privatização" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual denominação para a "operação" de passar Francisco a Chico, Helena a Lena, Alice a Lili, etc.
As palavras Chico, Lena ou Lili são hipocorísticos (isto é, nomes próprios usados para designar alguém de maneira informal ou carinhosa) em relação a Francisco, Helena e Alice, respectivamente. Estes três hipocorísticos mostram, contudo, fenómenos diferentes de formação de palavras: em Francisco > Chico há uma redução por aférese acompanhada de alteração expressiva da forma reduzida; em Helena > Lena há uma simples redução por aférese; em Alice > Lili há uma redução com aférese e apócope e com o redobro de uma sílaba. A estes mecanismos pode ainda juntar-se o frequente uso de sufixos aumentativos ou diminutivos (ex. Chicão, Leninha).



Tenho dúvidas na construção desta frase: "caso tenha dúvidas, não hesite em perguntar" ou "caso tenha dúvidas, não hesite perguntar". Não sei qual a mais correcta.
As duas frases apresentadas encontram-se correctas, pois o verbo hesitar, quando selecciona uma frase infinitiva, pode ser transitivo directo, isto é, selecciona um complemento que não é regido por preposição (ex.: não hesite perguntar) ou transitivo indirecto, isto é, selecciona um complemento regido por preposição (ex.: não hesite em perguntar). Pesquisas em corpora e motores de busca mostram no entanto que a construção como transitivo indirecto (hesitar em) é mais usual.