PT
BR
Pesquisar
Definições



lúnula

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
lúnulalúnula
( lú·nu·la

lú·nu·la

)


nome feminino

1. Objecto ou figura com a forma de meia-lua. = CRESCENTE

2. Forma da lua quando se aproxima do quarto crescente ou do quarto minguante.

3. Figura formada por dois arcos convexos, voltados para o mesmo lado, que se interceptam.

4. Mancha esbranquiçada na base das unhas. = SELENOSE

5. Satélite de um planeta, especialmente os de Júpiter e de Saturno.

etimologiaOrigem etimológica:latim lunula, -ae, ornamento em forma de pequena lua.

Auxiliares de tradução

Traduzir "lúnula" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



Ao fazer a pesquisa do termo prescindir, observei que constava como verbo intransitivo. Pesquisei, no entanto, no dicionário Aurélio e constava como verbo transitivo. Gostaria de alertar para esse possível erro.
Apesar de, actualmente, o verbo prescindir dever ser considerado um verbo transitivo indirecto, como faz o Aurélio, a classificação mais tradicional em dicionários portugueses (diferentemente de dicionários brasileiros como o Aurélio ou o Houaiss) é classificar verbos com regência de proposições que não sejam a (como "entregar a") como intransitivos (como é o caso de "prescindir de"). Em casos semelhantes, é normal encontrar discrepâncias entre dicionários portugueses e brasileiros, sendo a classificação dos segundos geralmente mais rigorosa.



Gostaria de esclarecer qual a forma correta de escrever a palavra extra classe, ou seja, com hífen ou sem hífen?
Apesar de não se encontrar dicionarizada, a grafia correcta é extraclasse, pois, de acordo com o Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo extra só se escreve com hífen quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: extra-axilar, extra-oficial), h (ex.: extra-hepático), r (ex.: extra-regulamentar) ou s (ex.: extra-sensorial). A palavra extraordinário poderia parecer uma excepção a esta regra, mas na verdade ela não se formou com este prefixo, antes entrou no português já formada no latim.

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o elemento de formação extra- apenas deve ser ligado por hífen a palavras que comecem por h ou por a (ex.: extra-hepático, extra-axilar). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, não deverá ser seguido de hífen e aquelas consoantes devem ser dobradas (ex.: extrarregulamentar, extrassensorial).