PT
BR
Pesquisar
Definições



implicar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
implicarimplicar
( im·pli·car

im·pli·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Causar algum tipo de obstáculo ou de impedimento. = COMPROMETER, IMPEDIR

2. Tornar necessário ou imprescindível (ex.: o investimento implica um estudo de mercado). = EXIGIR, PRESSUPOR, REQUERER

3. Trazer consigo (ex.: esta atitude implica outras consequências). = ACARRETAR, ENVOLVER

4. Dar por resultado; ter como consequência.

5. Dar a entender. = DENOTAR

6. Comprometer.


verbo transitivo e pronominal

7. Causar ou sentir confusão. = BARALHAR, CONFUNDIR, EMBARAÇAR, ENREDAR


verbo transitivo, intransitivo e pronominal

8. Ser incompatível.

9. Encerrar contradição ou desacordo.


verbo transitivo e intransitivo

10. Manifestar má vontade, antipatia ou aversão, em geral sem razão muito evidente (ex.: por que motivo implicas com ele?). = EMBIRRAR

etimologiaOrigem etimológica:latim implico, -are, enlaçar, entrelaçar, envolver, enrolar, embaraçar, perturbar, ligar, misturar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "implicar" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Poderiam esclarecer o feminino de chimpanzé? Seria a chimpanzé ou o chimpanzé fêmea?
A palavra chimpanzé é um epiceno, isto é, um substantivo que tem apenas um género (masculino ou feminino) para designar um animal, seja ele macho ou fêmea. Sempre que é necessário referir o sexo dos animais, usa-se as palavras macho ou fêmea pospostas ao nome do animal. Por este motivo, o feminino de chimpanzé deverá ser o chimpanzé fêmea. Se se tratasse de girafa, o masculino seria a girafa macho.

Além de chimpanzé, são também exemplos de epiceno palavras como falcão, girafa, melga ou tigre.




Qual denominação para a "operação" de passar Francisco a Chico, Helena a Lena, Alice a Lili, etc.
As palavras Chico, Lena ou Lili são hipocorísticos (isto é, nomes próprios usados para designar alguém de maneira informal ou carinhosa) em relação a Francisco, Helena e Alice, respectivamente. Estes três hipocorísticos mostram, contudo, fenómenos diferentes de formação de palavras: em Francisco > Chico há uma redução por aférese acompanhada de alteração expressiva da forma reduzida; em Helena > Lena há uma simples redução por aférese; em Alice > Lili há uma redução com aférese e apócope e com o redobro de uma sílaba. A estes mecanismos pode ainda juntar-se o frequente uso de sufixos aumentativos ou diminutivos (ex. Chicão, Leninha).