PT
BR
Pesquisar
Definições



implicar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
implicarimplicar
( im·pli·car

im·pli·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Causar algum tipo de obstáculo ou de impedimento. = COMPROMETER, IMPEDIR

2. Tornar necessário ou imprescindível (ex.: o investimento implica um estudo de mercado). = EXIGIR, PRESSUPOR, REQUERER

3. Trazer consigo (ex.: esta atitude implica outras consequências). = ACARRETAR, ENVOLVER

4. Dar por resultado; ter como consequência.

5. Dar a entender. = DENOTAR

6. Comprometer.


verbo transitivo e pronominal

7. Causar ou sentir confusão. = BARALHAR, CONFUNDIR, EMBARAÇAR, ENREDAR


verbo transitivo, intransitivo e pronominal

8. Ser incompatível.

9. Encerrar contradição ou desacordo.


verbo transitivo e intransitivo

10. Manifestar má vontade, antipatia ou aversão, em geral sem razão muito evidente (ex.: por que motivo implicas com ele?). = EMBIRRAR

etimologiaOrigem etimológica:latim implico, -are, enlaçar, entrelaçar, envolver, enrolar, embaraçar, perturbar, ligar, misturar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "implicar" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber qual a forma correcta: 1) deve realçar-se que o tema... ou 2) deve-se realçar que o tema...
Para resposta à dúvida colocada, por favor consulte outra dúvida respondida sobre o mesmo assunto em posição dos clíticos em locuções verbais. Nos exemplos referidos, o verbo dever forma com o verbo realçar uma locução verbal e tem um comportamento que se aproxima do de um verbo auxiliar. Por este motivo, o clítico se poderá ser colocado depois do verbo principal (ex.: deve realçar-se), do qual depende semanticamente, ou a seguir ao verbo auxiliar (ex.: deve-se realçar). É de realçar que a posição mais consensual (e aconselhada por vários gramáticos) é a primeira, isto é, depois do verbo principal.



Na conjugação do verbo ver numa frase que começa com "se", qual das opções é a correta: "Se ela vir você aqui, ela vai ficar brava". ou "Se ela ver você aqui..."?

Na frase que menciona, a forma correcta é virSe ela vir você aqui, ela vai ficar brava. –, forma de ver no futuro do conjuntivo (futuro do subjuntivo, no Brasil) e não no condicional (que seria veria: Não sabia se ela veria o filme).

O futuro do conjuntivo (ou do subjuntivo) é um tempo verbal que apresenta uma acção futura como possível ou hipotética, geralmente em orações subordinadas. Assim, a frase Se ela vir você aqui, ela vai ficar brava é composta por uma oração principal (ela vai ficar brava) e por uma oração subordinada condicional (se ela vir você aqui), que traduz a tal acção hipotética ou possível. Normalmente, este tempo é conjugado com as mesmas formas do infinitivo pessoal ou flexionado (ver exemplos de comer, abaixo) mas há um conjunto de verbos considerados irregulares em que tal não acontece, como ver, vir ou fazer, por exemplo:

O facto de ele não ver isto pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. ver, irregular)
Se ele não vir isto pode prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. ver, irregular)

O facto de ele não vir pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. vir, irregular)
Se ele não vier pode prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. vir, irregular)

O facto de tu não fazeres isto pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. fazer, irregular)
Se tu não fizeres isto podes prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. fazer, irregular)

O facto de nós não comermos pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. comer, regular)
Se nós não comermos podemos prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. comer, regular)