PT
BR
Pesquisar
Definições



evacuar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
evacuarevacuar
( e·va·cu·ar

e·va·cu·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Sair colectivamente ou fazer sair de um lugar que se deixa vazio ou que se abandona a outrem (ex.: os trabalhadores evacuaram a fábrica; as autoridades evacuaram a zona; os invasores foram obrigados a evacuar a ilha face à resistência da população).

2. [Militar] [Militar] Retirar de zona militarizada ou de combate (ex.: evacuar as tropas; evacuar os feridos da frente da batalha).

3. [Por extensão] [Por extensão] Retirar de situação de perigo ou que possa causar danos (ex.: a polícia evacuou os residentes do prédio). [Nota: uso controverso.]

4. [Fisiologia] [Fisiologia] Expelir do organismo (ex.: a ferida foi unida sem evacuar o sangue; é necessário evacuar o humor que molesta o enfermo).


verbo transitivo e intransitivo

5. Expulsar matéria fecal (ex.: a criança deixou de evacuar fezes líquidas ou soltas; o paciente já evacua sem problemas). = DEFECAR, DEJECTAR, OBRAR

etimologiaOrigem etimológica:latim evacuo, -are, esvaziar, limpar, purgar, livrar-se de, pôr de lado, enfraquecer, aniquilar, anular, cancelar.
Ver também resposta à dúvida: evacuar com significado de "retirar" .

Auxiliares de tradução

Traduzir "evacuar" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber se escrever ou dizer o termo deve de ser é correcto? Eu penso que não é correcto, uma vez que neste caso deverá dizer-se ou escrever deverá ser... Vejo muitas pessoas a usarem este tipo de linguagem no seu dia-a-dia e penso que isto seja uma espécie de calão, mas já com grande influência no vocabulário dos portugueses em geral.
Na questão que nos coloca, o verbo dever comporta-se como um verbo modal, pois serve para exprimir necessidade ou obrigação, e como verbo semiauxiliar, pois corresponde apenas a alguns dos critérios de auxiliaridade geralmente atribuídos a verbos auxiliares puros como o ser ou o estar (sobre estes critérios, poderá consultar a Gramática da Língua Portuguesa, de Maria Helena Mira Mateus, Ana Maria Brito, Inês Duarte e Isabel Hub Faria, pp. 303-305). Neste contexto, o verbo dever pode ser utilizado com ou sem preposição antes do verbo principal (ex.: ele deve ser rico = ele deve de ser rico). Há ainda autores (como Francisco Fernandes, no Dicionário de Verbos e Regimes, p. 240, ou Evanildo Bechara, na sua Moderna Gramática Portuguesa, p. 232) que consideram existir uma ligeira diferença semântica entre as construções com e sem a preposição, exprimindo as primeiras uma maior precisão (ex.: deve haver muita gente na praia) e as segundas apenas uma probabilidade (ex.: deve de haver muita gente na praia). O uso actual não leva em conta esta distinção, dando preferência à estrutura que prescinde da preposição (dever + infinitivo).



Qual o plural para a expressão alerta ou em alerta? As orações Eles permanecem alertas e Eles permanecem em alerta estão corretas?
Nenhuma das expressões referidas pode ser considerada incorrecta.

A palavra alerta pode ser usada como advérbio, como adjectivo, como substantivo ou como interjeição.

Como advérbio mantém-se sempre invariável (ex.: ela permanece alerta; eles permanecem alerta).

Como adjectivo é uniforme, flexiona em número e concorda com o nome que qualifica (ex.: as pessoas permanecem alertas; a presa alerta conseguiu escapar do leão).

Como interjeição, pode ser usada, de forma invariável, para avisar ou solicitar atenção ou cuidado (ex.: alerta, camaradas!).

A palavra alerta pode ainda ser usada como substantivo masculino, admitindo apenas flexão em número (ex.: o guarda deu o alerta quando um dos prisioneiros se pôs em fuga; não prestaram atenção aos alertas dados pelo guarda).

A locução adverbial em alerta está correcta (neste caso, alerta assume a classificação de substantivo) e também se mantém invariável em qualquer dos contextos usados (ex.: ele permanece em alerta; eles permanecem em alerta).