Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

espraiamento

espraiamentoespraiamento | n. m.
derivação masc. sing. de espraiarespraiar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

es·prai·a·men·to es·prai·a·men·to


(espraiar + -mento)
nome masculino

1. Acto de espraiar.

2. Prolixidade.


es·prai·ar es·prai·ar

- ConjugarConjugar

(es- + praia + -ar)
verbo transitivo

1. Estender pela praia; arrojar à praia.

2. [Figurado]   [Figurado]  Alastrar, estender, espalhar, espairecer.

verbo intransitivo

3. Deixar a praia descoberta; retirarem-se as águas (deixando terra descoberta).

verbo intransitivo e pronominal

4. Estender-se pela praia; invadir os terrenos marginais.

5. [Figurado]   [Figurado]  Dilatar-se, estender-se.

6. Discorrer larga e profusamente.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

o espraiamento da ofensiva taleban..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

dos assalariados no fluxo da renda (mas não no estoque), o espraiamento dos direitos sociais, a multiplicação das oportunidades ascensionais pela educação, as iniciativas de afirmação...

Em Altamiro Borges

uniformizada’, o espraiamento do PSDB no país, mas sobretudo no estado onde o partido já é governo...

Em Altamiro Borges

...apenas aponta os "nós" da crise global, como algumas de suas importantes causas e espraiamento espacial pelos continentes..

Em www.robertomoraes.com.br

espraiamento inflacionário, apenas aumentando a recessão e o sofrimento do trabalhador brasileiro..

Em suplementocultural
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Inseri, no vosso corrector ortográfico, a palavra “desejante” que, há tempos, vi escrita, erradamente, em vez do adjectivo “desejoso”. Para surpresa minha, o citado corrector, no português de Portugal, não acusa o erro.
A palavra desejante, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa à nossa disposição, está averbada no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e apresenta-se correctamente formada (através da aposição do sufixo -ante ao verbo desejar), daí a sua inclusão no léxico do corrector ortográfico do FLiP. O adjectivo desejante, cujo uso é bastante frequente (como se pode verificar através de pesquisas em corpora e motores de busca da Internet), partilha do significado do adjectivo desejoso (ex.: ela é uma pessoa desejosa de conhecimento = ela é uma pessoa desejante de conhecimento), apesar de este ser mais frequente e estar já consagrado pelo uso. Ambos resultam de processos regulares de derivação no português, pela junção, respectivamente, do sufixo -ante ao radical de um verbo e do sufixo -oso ao radical de um substantivo.



Gostaria que me explicassem qual das expressões é a correta:
"Isto não tem nada a ver com aquilo."
"Isto não tem nada haver com aquilo."
Das frases que menciona, apenas a primeira (isto não tem nada a ver com aquilo) está correcta, pois, neste caso, a locução ter a ver com significa "estar relacionado com" ou "dizer respeito a" (ex.: fisicamente, o filho não tem nada a ver com o pai; quem disse que eu tenho alguma coisa a ver com essa história?). A segunda frase (*isto não tem nada haver com aquilo) está incorrecta e a dúvida resulta da semelhança fonética do verbo haver com a sequência a ver da locução ter a ver com.

É também a proximidade fonética entre ter a ver (com) e ter a haver que está na origem de outra dúvida muito semelhante, comum a muitos falantes de português, a que já respondemos aqui. É o caso em que a locução ter a ver (com) é confundida com a locução ter a haver, muito mais rara, que significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: a senhora ainda tem troco a haver; já recebi tudo, não tenho mais nada a haver). Nesse caso, qualquer frase decorrente de uma estrutura como ela não tem nada a _____ [ver/haver] com aquilo, é correcta: ela não tem nada a ver com aquilo significa “ela não tem relação com aquilo; aquilo não lhe diz respeito”; ela não tem nada a haver com aquilo significa “ela não recebe nada com aquilo”. No entanto, é altamente provável que, no caso dessa estrutura, a intenção seja indicar que o assunto ou a situação de que se está a falar [aquilo] não diz respeito ao interlocutor ou ao sujeito de quem se fala, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase isto não tem nada a ver com aquilo.

pub

Palavra do dia

ar·tão ar·tão


(grego ártos, -ou, bolo ou pão de farinha de trigo)
nome masculino

[Pouco usado]   [Pouco usado]  Alimento feito de massa de farinha de cereais cozida num forno. = PÃO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/espraiamento [consultado em 16-10-2021]