PT
BR
Pesquisar
Definições



esboço

A forma esboçopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de esboçaresboçar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
esboçoesboço
|ô| |ô|
( es·bo·ço

es·bo·ço

)


nome masculino

1. Delineamento inicial de uma obra de desenho ou de pintura.

2. Modelação inicial ou primeiros traços no toro de uma obra de escultura.

3. Obra literária resumida.

4. [Por extensão] [Por extensão] Conjunto das ideias principais. = DELINEAÇÃO, PLANO, PROJECTO

5. [Figurado] [Figurado] Ensaio; resumo.

vistoPlural: esboços |ô|.
iconPlural: esboços |ô|.
esboçaresboçar
( es·bo·çar

es·bo·çar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fazer o esboço ou os primeiros traços de. = BOSQUEJAR, DELINEAR, ESQUISSAR, RASCUNHAR, TRACEJAR

2. Começar a fazer um plano; começar a criar na mente ou na imaginação. = ALINHAVAR, IMAGINAR, PLANEAR, PLANEJAR

3. Mostrar de forma discreta; deixar ver um pouco (ex.: esboçou um sorriso). = ENTREMOSTRAR


verbo pronominal

4. Começar a tomar uma forma ou uma estrutura.

etimologiaOrigem etimológica:italiano sbozzare.
Confrontar: esbouçar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "esboço" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



A expressão "até ao arrebatamento" está correta?
Antes de mais, convém clarificar, ainda que resumidamente, o uso de até.

Como preposição, a palavra até é usada para indicar um limite temporal (ex.: Eu vou embora, até amanhã; Esperem pela resposta até meados de Janeiro; Dormi até tu chegares), um limite espacial (ex.: Viajou de comboio até Paris) ou um limite quantitativo (ex.: O desconto é válido em todos os enlatados até 800 g).

Segundo a Nova Gramática do Português Contemporâneo de Celso Cunha e Lindley Cintra (14.ª ed., Lisboa, Edições João Sá da Costa, 1998, p. 561), em Portugal usa-se geralmente a preposição até acompanhada da contracção da preposição a com o artigo definido o/a(s) (ex: Fui até ao parque; Fomos até à igreja) enquanto no Brasil se usa maioritariamente a preposição até sem a contracção (ex.: Fui até o parque; Fomos até a igreja). Em termos de correcção, como refere o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002), é indiferente no Brasil associar a preposição até a outra preposição ou não. Por outras palavras, é tão correcto escrever fomos até à igreja como fomos até a igreja, sendo a última a forma mais usual no Brasil.

Como advérbio, a palavra até é usada para indicar inclusão ou ênfase, sendo sinónima de inclusivamente, também ou mesmo (ex.: Todos ajudaram na arrumação da cozinha, até o avô; O empresário fez várias alterações e admite até a contratação de mais funcionários). Dependendo da regência do verbo em causa, o advérbio até pode surgir associado a uma contracção (ex.: Eles foram a todo o lado: à Europa, à Ásia, até à Austrália!).

Considerando os usos acima descritos, a expressão até ao arrebatamento está correcta, tanto em Portugal como no Brasil, se a palavra até for usada como preposição (ex.: Foi uma festa intensa até ao arrebatamento final). Se, no entanto, a palavra até for usada como advérbio, a expressão até ao arrebatamento está incorrecta, como indica o asterisco (ex.: *Todas as emoções foram banidas, até ao arrebatamento religioso).




A palavra seje existe? Tenho um colega que diz que esta palavra pode ser usada na nossa língua.
Eu disse para ele que esta palavra não existe. Estou certo ou errado?
A palavra seje não existe. Ela é erradamente utilizada em vez de seja, a forma correcta do conjuntivo (subjuntivo, no Brasil) do verbo ser. Frases como “Seje bem-vindo!”, “Seje feita a sua vontade.” ou “Por favor, seje sincero.” são cada vez mais frequentes, apesar de erradas (o correcto é: “Seja bem-vindo!”, “Seja feita a sua vontade.” e “Por favor, seja sincero.”). A ocorrência regular de seje pode dever-se a influências de falares mais regionais ou populares, ou até mesmo a alguma desatenção por parte do falante, mas não deixa de ser um erro.