PT
BR
Pesquisar
Definições



era

A forma erapode ser [primeira pessoa singular do pretérito imperfeito do indicativo de serser], [terceira pessoa singular do pretérito imperfeito do indicativo de serser] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
eraera
|é| |é|
( e·ra

e·ra

)


nome feminino

1. Época fixa que serve de ponto de partida para a contagem dos anos.

2. Período de tempo, geralmente longo, que corresponde a uma nova organização ou disposição das coisas. = ÉPOCA

3. Período de tempo com características específicas. = ÉPOCA

4. Data.

5. [Geologia] [Geologia] Divisão da escala de tempo geológico, superior ao período e inferior ao éon.

6. [Brasil] [Brasil] Ano de idade (ex.: boi de cinco eras).


era dos afonsinhos

Tempos muito antigos ou antiquados, desactualizados. [Em alusão à época em que reinaram os primeiros Afonsos de Portugal.] = TEMPO DOS AFONSINHOS

etimologiaOrigem etimológica:latim aera, -ae, número, algarismo, época.
Confrontar: hera.
serser
|ê| |ê|
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo copulativo

1. Serve para ligar o sujeito ao predicado, por vezes sem significado pleno ou preciso (ex.: o dicionário é útil).

2. Corresponder a determinada identificação ou qualificação (ex.: ele era muito alto; ela é diplomata).

3. Consistir em.

4. Apresentar como qualidade ou característica habitual (ex.: ele é de manias; ela não é de fazer essas coisas).

5. Estar, ficar, tornar-se.

6. Exprime a realidade.

7. Acontecer, ocorrer, suceder.

8. Equivaler a determinado valor, custo ou preço (ex.: este relógio é 60€).


verbo transitivo

9. Pertencer a (ex.: o carro é do pai dele).

10. Ter como proveniência (ex.: o tapete é de Marrocos).

11. Preferir ou defender (ex.: eu sou pela abolição da pena de morte).


verbo intransitivo

12. Exprime a existência.

13. Acontecer, suceder (ex.: não sei o que seria, se vocês se fossem embora).

14. Indica o momento, o dia, a estação, o ano, a época (ex.: já é noite; são 18h00).


verbo auxiliar

15. Usa-se seguido do particípio passado, para formar a voz passiva (ex.: foram ultrapassados, tinha sido comido, fora pensado, será espalhado, seríamos enganados).


nome masculino

16. Aquilo que é, que existe. = ENTE

17. O ente humano.

18. Existência, vida.

19. O organismo, a pessoa física e moral.

20. Forma, figura.


a não ser que

Seguido de conjuntivo, introduz a condição para que algo se verifique (ex.: o atleta não pretende mudar de clube, a não ser que a proposta seja mesmo muito boa).

não poder deixar de ser

Ser necessário; ter forçosamente de ser.

não poder ser

Não ser possível.

não ser para graças

Não gostar de brincadeiras; ser valente.

o Ser dos Seres

Deus.

qual é

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Expressão usada para se dirigir a alguém, geralmente como provocação (ex.: qual é, vai sair da frente ou não?).

ser alguém

Ser pessoa importante e de valia.

ser com

Proteger.

ser dado a

Ter inclinação para.

ser da gema

Ser genuíno.

ser de crer

Ser crível; merecer fé.

ser humano

O homem. = HUMANO

ser pensante

O homem.

etimologiaOrigem etimológica:latim sedeo, -ere, estar sentado.
Confrontar: cer, sere.

Auxiliares de tradução

Traduzir "era" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Tenho uma dúvida sobre o uso do acento grave (chamamos de crase aqui no Brasil). Um amigo me disse que pode-se escrever à favor, alegando que é opcional o uso da crase em locuções adverbiais. Ele está correto?
A crase à é uma contracção da preposição a com o artigo definido feminino a. Para haver o uso desta crase, é necessário que haja um substantivo feminino a seguir que justifique o uso do artigo definido feminino (ex.: estava à frente = estava a[PREP]+a[ART] frente; foi à caça = foi a[PREP]+a[ART] caça). Não poderá usar a crase numa expressão como a favor, pois favor é um substantivo masculino e nunca poderia ser antecedido do artigo definido feminino a. Em alguns casos poderá haver uso de crase antes de substantivos masculinos, mas apenas em situações muito específicas, em que se pode subentender locuções como moda de ou maneira de (ex.: coelho à [maneira do] caçador).
Sobre este assunto, poderá também consultar outras respostas em regência verbal e nominal, graças a deus e crase em intervalo temporal.




Quando atendemos um telefone é correto falar "pois não"?
A locução adverbial interrogativa pois não usa-se para saber o que alguém pretende ou para mostrar disponibilidade para ouvir uma solicitação, pelo que pode ser utilizada como fórmula de atendimento de uma chamada telefónica.