PT
BR
Pesquisar
Definições



desprezo

A forma desprezopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de desprezardesprezar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
desprezodesprezo
|ê| |ê|
( des·pre·zo

des·pre·zo

)


nome masculino

1. Acto ou efeito de desprezar.

2. Falta de apreço ou de consideração por algo ou alguém; sentimento de superioridade em relação a algo ou alguém. = DESCONSIDERAÇÃO, DESDÉMAPREÇO, CONSIDERAÇÃO, ESTIMA

3. Sentimento de repulsa ou aversão.


dar-se ao desprezo

Merecer o desprezo de outrem.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de desprezar.
desprezardesprezar
( des·pre·zar

des·pre·zar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Dar ao desprezo.

2. Não fazer caso de.

3. Rejeitar.


verbo pronominal

4. Rebaixar-se, aviltar-se; envergonhar-se.

5. Ter por indigno de si.

etimologiaOrigem etimológica:des- + prezar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "desprezo" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



USO CAPEÃO: é uma figura que se utiliza em direito, em que a pessoa solicita a propriedade de um terreno ou objecto que está na sua posse há bastante tempo mas não tem documento que prove essa posse. A palavra capeão ( ou capião ??) tem o sentido de posse.
À figura jurídica a que se refere dá-se o nome de usucapião (derivado do latim usucapionem), como poderá verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.



Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.