PT
BR
Pesquisar
Definições



cubo

A forma cubopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de cubarcubar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
cubocubo
( cu·bo

cu·bo

)


nome masculino

1. [Geometria] [Geometria] Sólido de seis faces quadradas iguais entre si.

2. Produto de um número pelo seu quadrado.

3. Terceira potência de um número.

4. Medida de madeira sem fundo para cubar areia, pedra britada, etc.

5. Vão em que cai a água na roda hidráulica.

6. Cesto vindimo.

7. Calha que leva a água à roda do lagar.

8. Peça central das rodas do veículo.

etimologiaOrigem etimológica:latim cubus, -i, do grego kúbos, -ou.
cubarcubar
( cu·bar

cu·bar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Medir o volume de um sólido ou a capacidade de um espaço; fazer a cubagem de. = CUBICAR

2. Multiplicar três vezes por si mesmo; elevar ao cubo.

etimologiaOrigem etimológica:cubo + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "cubo" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Ao utilizar o vosso dicionário, obtive o seguinte resultado para a palavra amoníaco: do Lat. ammoniacu < Gr. ammoniakón s. m., gás incolor, de cheiro intenso, sabor acre e com efeitos lacrimogéneos; gás composto de azoto e hidrogénio, que se encontra na urina e nas matérias em decomposição. A partir de lacrimogéneos obtive: masc. plu. de lacrimogéneo, do Lat. lacrima + Gr. gen, r. de gígnomai, gerar. No entanto a palavra lacrimogéneo não aparece no vosso dicionário, mas sim lacrimogénio (com i em vez de e): adj., que provoca ou produz lágrimas; que faz chorar. Assim, gostaria de saber se existem as duas formas ou se uma se encontra errada.
Como muito bem observou, a informação disponibilizada não é coerente. De facto, não se pode dizer que a forma lacrimogénio seja errada, mas, sendo possível, é uma variante de lacrimogéneo, menos usada e praticamente não registada em dicionários e vocabulários de língua portuguesa.

O DPLP deveria ter registado a entrada lacrimogéneo (e lacrimogénio, a ser registado, deveria remeter para lacrimogéneo, sendo esta última a forma preferencial).




Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".