Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

coruscar

coruscarcoruscar | v. intr. | v. tr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

co·rus·car co·rus·car

- ConjugarConjugar

(latim corusco, -are, agitar, cintilar)
verbo intransitivo

1. Projectar coruscação.

2. Fulgurar como o corisco.

3. Relampaguear.

verbo transitivo

4. Despedir.

pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...No intervalo entre a partida na alvorada e o remanso do poente ou o coruscar dos pirilampos - no intervalo chamado um-dia-na-vida, depois do monte e dos cães atrás...

Em jamachado.blogs.sapo.pt

Uma construção puramente verbal e quimérica, em que se verão coruscar promiscuamente, e numa

Em LIBERTATUM

O Oriente, a coruscar de ouro e de pedraria, Fulge-te à fronte e às mãos num derradeiro

Em bocasfoleiras

...Laura nunca se sente muito seguro, e continua com uma réstia de medo a coruscar no seu íntimo, a mesma que urde os seus pesadelos e tempera de angústia...

Em ESTRADA DE SANTIAGO

que se verão coruscar promiscuamente, e numa confusão sedutora, as palavras liberdade, justiça, fraternidade e amor, igualdade humana,...

Em Fratres in Unum.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se está correcta a repetição da preposição pelo na formulação a seguir: No quadro do seu périplo pelo Ruanda, pelo Burundi, pela RD Congo e pela Tanzânia, o fulano vai encontrar-se com o sicrano.
Não há nenhuma incorrecção na repetição da contracção pelo/pela na frase que refere. Pelo contrário, alguns gramáticos recomendam inclusivamente que, numa enumeração de substantivos, se for utilizado o artigo definido antes do primeiro, devem ser utilizados artigos definidos antes dos restantes substantivos (cf. CUNHA e CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: João Sá da Costa, 14ª ed., 1998, p.235). Isto aplica-se nesta frase, pois pelo/pela são contracções da preposição por com os artigos definidos o/a.



Na escrita de uma carta, é comum o uso da expressão "Olá João,", seja qual for o nome. A questão que coloco é: não deveria "Olá" estar separado de "João "por uma vírgula? Do ponto de vista gramatical, João não funciona como um vocativo? Há outras expressões como "Querido João, " que as pessoas usam para justificar a primeira, mas a relação de Querido e Olá para com o substantivo é diferente e justifica a meu ver uma diferença no uso da vírgula. Podiam esclarecer não somente com a frequência do uso das expressões, mas com uma interpretação da função do símbolo "," como identificador de uma transição pré e pós vírgula?
Na expressão "olá, João", o nome João corresponde de facto ao vocativo, pois introduz uma interpelação ou chamamento, e deve estar separado da interjeição olá por uma vírgula.

Na interpelação querido João, não estamos perante uma expressão com a mesma estrutura, uma vez que querido é adjectivo que qualifica o nome próprio do qual não deverá ser separado por vírgula. Este adjectivo fará também parte do vocativo se for usado com uma interjeição como olá (ex.: olá, querido João).

pub

Palavra do dia

me·lo·fi·li·a me·lo·fi·li·a


(melo- + -filia)
nome feminino

Gosto pela música. = MELOMANIA, MUSICOFILIA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/coruscar [consultado em 01-10-2022]