Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

confessório

confessórioconfessório | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·fes·só·ri·o con·fes·só·ri·o


(confessor + -io)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo a confissão.

2. [Jurídico, Jurisprudência]   [Jurídico, Jurisprudência]  Diz-se da acção contra o réu confesso.

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

...borracha na história do país que não logra êxito senão em formar um juízo confessório para com os brasileiros”..

Em www.noticiadafoto.com.br

Recorde-se que a última edição, “ Confessório à moda antiga: memórias de outros tempos”, chegou aos leitores em 2011..

Em NOTICIAS DO RIBATEJO

Depois de assistir na integra a temida entrevista a José Sócrates (não lhe reconheço títulos nem sequer excelência), admito que foi uma boa jogada de marketing da RTP - que espero vir a ser privatizada rapidamente - como os ratings efectivamente mostraram. Em vez de ser politicamente correcto, não o vou ser. Esta entrevista…

Em Social Democracia

No confessório da Matriz da cidade em que eu moro, uma mocinha de família diz ao...

Em ogoday.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Não encontro em dicionários a palavra discursante. Será aceitável como sinónimo de discursista ou discursador?
Apesar de não se encontrar em nenhum dicionário consultado, a palavra discursante está registada pelo menos em duas obras de referência, no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, Lisboa, 2001) e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras, mas apenas como adjectivo (ex.: O convidado discursante enganou-se) e não como substantivo (ex.: O discursante enganou-se). No entanto, a palavra discursante segue as regras de boa formação da língua portuguesa e não há motivo, a não ser a tradição lexicográfica, para não poder ser sinónimo de discursista e de discursador, seja como substantivo seja como adjectivo.



Na escrita de uma carta, é comum o uso da expressão "Olá João,", seja qual for o nome. A questão que coloco é: não deveria "Olá" estar separado de "João "por uma vírgula? Do ponto de vista gramatical, João não funciona como um vocativo? Há outras expressões como "Querido João, " que as pessoas usam para justificar a primeira, mas a relação de Querido e Olá para com o substantivo é diferente e justifica a meu ver uma diferença no uso da vírgula. Podiam esclarecer não somente com a frequência do uso das expressões, mas com uma interpretação da função do símbolo "," como identificador de uma transição pré e pós vírgula?
Na expressão "olá, João", o nome João corresponde de facto ao vocativo, pois introduz uma interpelação ou chamamento, e deve estar separado da interjeição olá por uma vírgula.

Na interpelação querido João, não estamos perante uma expressão com a mesma estrutura, uma vez que querido é adjectivo que qualifica o nome próprio do qual não deverá ser separado por vírgula. Este adjectivo fará também parte do vocativo se for usado com uma interjeição como olá (ex.: olá, querido João).

pub

Palavra do dia

ce·ráu·ni·co ce·ráu·ni·co


(grego keraunós, -oû, raio + -ico)
adjectivo
adjetivo

[Meteorologia]   [Meteorologia]  Relativo a raios ou relâmpagos (ex.: actividade ceráunica; índice ceráunico; mapa ceráunico).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/confess%C3%B3rio [consultado em 03-12-2022]