PT
BR
Pesquisar
Definições



cocriao

Palavra não encontrada.

Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.
cocarão (norma brasileira)
cocria (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocriado (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocriai (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocriam (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocria-o (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocriar (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocrias (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cocrio (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
cofrito (norma brasileira)
concriai (norma brasileira)
corpão (norma brasileira)
correão (norma brasileira)
corrião (norma brasileira)
curião (norma brasileira)

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.



Dúvidas linguísticas



Tenho verificado a existência, ao longo do país , de repetição de topónimos; por exemplo: Trofa, Gondar, Bustelo. Qual é a etimologia dessas palavras?
Segundo o Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa (3.ª ed., Lisboa: Livros Horizonte, 3 vol., 2003), de José Pedro Machado, o topónimo Bustelo, muito frequente em Portugal e na Galiza, talvez seja diminutivo de busto ‘campo de pastagem’. Quanto a Gondar, o autor aventa a hipótese de provir de uma hipotética forma gótica (ou goda) Gunthi-harjis ‘exército para combate’. Por fim, o topónimo Trofa é de origem obscura.



Trabalho com luteria ou luteraria? Encontrei os dois no Aurélio em edições diferentes, mas qual eu uso?
Será lutheria? Mas isto é português, italiano ou francês?
Outra dúvida: escrevo arte lutérica ou luterárica?
É muito comum utilizar-se o galicismo lutherie para designar a profissão de luthier.

No entanto, e como já estão atestadas alternativas aportuguesadas daquele estrangeirismo, é sempre preferível optar pelas formas que seguem as normas da ortografia portuguesa. Uma vez que luteria é a forma que mais se aproxima do seu étimo (lutherie), deve ter uso preferencial, i.e., deverá optar por usar luteria em vez de luteraria.

Ambos os adjectivos (lutérico e luterárico) são possíveis, apesar de nenhum deles ter registo em dicionários e léxicos da língua portuguesa. No entanto, e uma vez que lutérico é a forma que deriva de luteria, essa deverá ser a preferencial.