Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

cerrar

cerrarcerrar | v. tr. | v. intr. | v. pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cer·rar cer·rar

- ConjugarConjugar

(latim sero, -are, fechar)
verbo transitivo

1. Fechar.

2. Tapar.

3. Vedar.

4. Tornar cerrado.

5. Apertar.

6. Unir.

7. Juntar.

8. Terminar (o que se faz em redondo ou em volta).

9. Encerrar.

verbo intransitivo

10. Acumular.

11. Juntar-se muito.

12. Atingir (cavalgadura) a idade em que os dentes estão completamente desenvolvidos.

verbo pronominal

13. Cobrir-se o céu de nuvens, escurecer.

14. [Figurado]   [Figurado]  Concluir-se, acabar.


cerrar os olhos
Morrer.

Confrontar: serrar.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cerrar" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Deve dizer-se «um ácido precipita» ou «um ácido precipita-se»?
De acordo com alguns dicionários de português, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o verbo precipitar, na acepção “formar um precipitado”, pode ser usado como intransitivo (um ácido precipitou) ou como reflexivo (um ácido precipitou-se).



Como se lê/escreve a palavra x-acto com o novo acordo ortográfico?

A palavra X-Acto corresponde originalmente a uma marca comercial e é pronunciada correntemente em português como (chizáto), sem articulação do som da consoante -c-. Por se tratar de um nome comercial, e segundo a Base XXI do Acordo Ortográfico de 1990, as regras ortográficas não se aplicam.

Outra grafia para designar o mesmo objecto é xis-acto, que corresponde a uma adaptação aos padrões do português, fenómeno muito comum em aportuguesamentos. Esta forma, que já não corresponde à marca registada, já torna possível a aplicação das novas regras ortográficas (cf. Base IV do Acordo Ortográfico de 1990), o que justifica passar a escrever-se xis-ato com aplicação da nova ortografia.

Tratando-se uma palavra de origem estrangeira, derivada de uma marca comercial, com uma grafia pouco comum no sistema ortográfico do português, não deixa de ser interessante que pesquisas em corpora e em motores de busca revelem ocorrências das formas xizato (em maior número até do que xizacto), o que demonstra a tendência que os falantes sentem de aproximar termos estrangeiros aos padrões da língua portuguesa.

Outros casos de palavras que sofreram o mesmo processo incluem, por exemplo, chiclete, fórmica, gilete, jipe, lambreta, licra, óscar, pírex, polaróide, rímel, tartã ou vitrola. Estas e outras palavras tornaram-se nomes comuns, ainda que originalmente derivadas de marcas comerciais, e integraram-se no sistema da língua com maiores ou menores alterações.


pub

Palavra do dia

nor·mo·cap·ni·a nor·mo·cap·ni·a


(normo- + grego kapnós, -oû, vapor, fumo + -ia)
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]  Existência de dióxido de carbono ou de ácido carbónico no sangue em valores considerados normais.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cerrar [consultado em 17-04-2021]