Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

cabermos

1ª pess. pl. infinitivo flexionado de cabercaber
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·ber |ê|ca·ber |ê|

- ConjugarConjugar

verbo intransitivo

1. Ter cabimento ou lugar em.

2. Poder entrar por.

3. Tocar por sorte ou turno; pertencer.

4. Pertencer por direito (ex.: cabe-lhe um quarto da herança). = COMPETIR, TOCAR

5. Ser da responsabilidade ou da competência de (ex.: a decisão cabe a instâncias superiores). = COMPETIR, IMPENDER

Confrontar: saber.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cabermos" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Sejamos nós mesmos e nunca outra pessoa para cabermos no seu mundo..

Em Pé de Vento

...um que sirva para todos, desta vez, e que seja responsável o suficiente para cabermos todos nele..

Em Zorbas o Gato

A violência que é anularmo-nos para cabermos nas caixinhas dos outros..

Em www.desabafosdamula.com

...que é trazer os filhos para a cama e perder a noite por não cabermos todos da mesma maneira, na mesma cama..

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

Só é mais complicado cabermos todos na fotografia final, mas tudo se faz..

Em ritadanova.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



Cronopata é erro? Pela sua etimologia, creio que estaria correctamente no dicionário... Mas não consta... Neologismo? Porque ainda não adoptado oficialmente?
As palavras cronopatia e cronopata, apesar de não se encontrarem registadas em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados, estão correctamente formadas (com os elementos de formação crono-, derivado do grego khrónos, que significa “tempo”, e -patia e -pata, derivados do grego páthe, que significa “doença” ou “dor”). Na medicina, a cronopatia pode designar o conjunto de patologias que estão relacionadas com desvios, atrasos ou avanços no crescimento; pode também referir-se à incapacidade para gerir o tempo ou para cumprir horários. Cronopata será a pessoa que sofre de alguma destas patologias.
pub

Palavra do dia

ux·te ux·te


(origem expressiva ou onomatopaica)
interjeição

Expressão usada para afastar ou mostrar repulsa. = APRE, ARREDA, IRRA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cabermos [consultado em 25-09-2022]