Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

bugiado

bugiadobugiado | adj.
masc. sing. part. pass. de bugiarbugiar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bugiado bugiado


adjectivo
adjetivo

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)

bu·gi·ar bu·gi·ar

- ConjugarConjugar

(bugio + -ar)
verbo intransitivo

1. Fazer bugiaria; agir como bugio ou macaco.


ir bugiar
[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Locução usada para afastar alguém ou mostrar desejo de não ser mais incomodado; ir pentear macacos (ex.: olha, vai bugiar!).

mandar bugiar
[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Afastar alguém ou mostrar desejo de que alguém se afaste ou vá embora; mandar pentear macacos (ex.: ele veio chatear-me, mas eu mandei-o bugiar.).

pub

Parecidas

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Gostaria de saber se a palavra "pixel" existe em português e qual é o seu plural. Em muitas ocasiões aparece "pixeis" mas sendo uma palavra de origem inglesa o seu plural não deveria ser "pixels"?
A palavra pixel é um estrangeirismo proveniente do inglês que já faz parte do léxico do português, encontrando-se registada em dicionários de língua portuguesa, e cujo plural deve respeitar a flexão da sua língua de origem (pixels).

Como acontece com muitos estrangeirismos, a par da forma da língua inglesa surge igualmente uma forma aportuguesada, píxel, com uma adaptação ortográfica para adequar a acentuação gráfica (uma palavra portuguesa acabada em -l, se não tiver acento gráfico, será acentuada na última sílaba – ex.: papel, pincel – e não na penúltima, como em xel). Se se optar pelo aportuguesamento píxel, a flexão plural regular deverá ser píxeis (à semelhança de outras palavras com o mesmo contexto ortográfico, como nível ou amável). A forma *pixeis (sem acento gráfico) não corresponde ao plural de nenhuma das formas referidas (nem do estrangeirismo original, nem da forma aportuguesada), pelo que não deverá ser usada.

Como forma alternativa a pixel ou píxel, poderá ser usada ainda a palavra ponto, que vem sendo usada com o significado de pixel ou píxel, isto é, "unidade mínima de uma imagem digital".

pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bugiado [consultado em 02-12-2021]