Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

assistido

assistidoassistido | adj.
masc. sing. part. pass. de assistirassistir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

as·sis·ti·do as·sis·ti·do


adjectivo
adjetivo

Ajudado, socorrido, acompanhado, acolitado.


as·sis·tir as·sis·tir

- ConjugarConjugar

(latim assisto, -ere, colocar-se junto de, parar junto de, estar de pé, estar presente)
verbo transitivo

1. Estar presente; ser testemunha ou espectador. = PRESENCIAR

2. Estar presente para auxiliar ou acompanhar. = AJUDAR, SOCORRER

3. Cooperar, auxiliar.

4. Patrocinar.

5. [Desporto]   [Esporte]  Passar a bola a um jogador que está bem posicionado para marcar golo.

6. [Pouco usado]   [Pouco usado]  Permanecer em determinado lugar durante algum tempo. = HABITAR, MORAR


Ver também resposta à dúvida: regência do verbo assistir.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "assistido" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Braga Assistentes: Inácio Pereira e Nuno Eiras 4º Árbitro: Cláudio Pereira VAR: Tiago Martins, assistido por David Silva O FC Porto venceu o Paços de Ferreira (2-1) na oitava...

Em Dragaoatento

O VAR será Tiago Martins, assistido por David Silva..

Em Dragaoatento

...atraso com que são levados à Justiça (Rendeiro só começou a responder em 2014, assistido então por José Miguel Júdice) e a facilidade de fuga dos seus responsáveis são...

Em Tupiniquim

a EXPO'98 num caso de estudo internacional na área do desenho assistido por computador (CAD)..

Em Geopedrados

, depois de ter facturado frente à Juventus e ao Chelsea –, assistido por Fábio Vieira..

Em Dragaoatento
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual o plural de esfíncter: esfíncteres ou esfincteres? Tem ou não tem acento?
Os dois plurais de esfíncter estão abonados por obras de referência, e qualquer um deles é válido.

A flexão do plural provoca, em algumas palavras esdrúxulas terminadas em -r ou -n no singular, o deslocamento do acento tónico para a terceira sílaba a contar do fim da palavra (ex.: especímenes, plural de espécimen, lucíferes, plural de lúcifer) ou para a segunda sílaba a contar do fim da palavra (ex.: juniores, plural de júnior), uma vez que, em português, as palavras isoladas têm acentuação tónica numa das três últimas sílabas.

Aparentemente, por se tratar de uma palavra grave, não haveria necessidade de alterar a acentuação do plural da palavra esfíncter, mas Rebelo Gonçalves, no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), referência maior para a lexicografia portuguesa, regista esfincteres como plural de esfíncter, à semelhança de, por exemplo, caracteres, plural de carácter, que constitui um caso excepcional na língua. Esta é também a opção seguida pela a edição portuguesa do Dicionário Houaiss.

Outras importantes obras de referência, como o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa (Lisboa: Âncora Editora, 2001) e a maioria das obras lexicográficas publicadas em Portugal e no Brasil, registam no entanto esfíncteres como plural de esfíncter, não acrescentando esta palavra à reduzida lista de excepções.




Nas frases que se seguem estará correcta a repetição da preposição por? 1. O acordo foi assinado pelo ministro português da Agricultura e pelo seu homólogo angolano. 2. A decisão para apoiar uma candidatura comum foi igualmente aprovada pelas organizações regionais africanas, pela União Africana, pelo Conselho dos Assuntos Económicos e Sociais e pela maior parte dos governos africanos.
Nas frases referidas, a preposição por está correctamente utilizada, pois trata-se de construções passivas (foi assinado e foi aprovada são formas do pretérito perfeito de assinar e aprovar, na voz passiva). Os sintagmas introduzidos pela preposição por (nas formas pelo, pelas ou pela, resultantes da contracção com os artigos o, as ou a) correspondem ao agente da passiva. Nos exemplos acima, este agente da passiva é complexo, isto é, é constituído por duas ou mais partes coordenadas pela conjunção e:

1. O acordo foi assinado pelo ministro português da Agricultura e pelo seu homólogo angolano.
2. A decisão para apoiar uma candidatura comum foi igualmente aprovada pelas organizações regionais africanas, pela União Africana, pelo Conselho dos Assuntos Económicos e Sociais e pela maior parte dos governos africanos.

Nestes casos, a omissão da preposição pode gerar dificuldades de interpretação ou mesmo agramaticalidade.

pub

Palavra do dia

túr·ne·po túr·ne·po


(inglês turnip)
nome masculino

[Agricultura]   [Agricultura]  Espécie de nabo grande e redondo, cultivado especialmente para alimentação de gado.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/assistido [consultado em 23-10-2021]